PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Após polêmica de Arboleda, jovem que estava emprestado pode ser 1ª opção para zaga

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

31/10/2020 07h00

Por causa da polêmica protagonizada por Arboleda na madrugada desta sexta-feira, sendo flagrado em uma festa com aglomeração até altas horas, o técnico Fernando Diniz pode promover um jovem que estava emprestado ao Portimonense, de Portugal, ao posto de primeira opção para a zaga do São Paulo.

Rodrigo, de apenas 22 anos e formado pelas categorias de base do Tricolor, foi chamado para retornar ao seu clube de origem por causa da rescisão de contrato de Anderson Martins. Cedido ao futebol português para ganhar experiência, como o São Paulo já havia feito com Paulinho Boia e outros jovens, o zagueiro ainda não entrou em campo desde que voltou ao Brasil.

Atualmente Diego Costa e Bruno Alves formam a dupla de zaga titular do São Paulo. Arboleda, que já chegou a ser incontestável entre os 11 inicias, hoje é reserva, mas havia a possibilidade de ele começar jogando o duelo com o Flamengo, neste domingo, no Maracanã, já que o Tricolor vem de uma dura sequência, com jogos decisivos por diferentes competições.

Com o jogo de volta da segunda fase da Copa Sul-Americana, contra o Lanús, marcado para a próxima quarta-feira, no Morumbi, o São Paulo pode enfrentar um dos favoritos ao título do Brasileirão neste fim de semana com uma equipe alternativa, mas, se Fernando Diniz optar por poupar algum zagueiro, Rodrigo pode se tornar a primeira escolha do comandante, já que Arboleda, aparentemente, vem ignorando a importância deste momento da temporada.

Vale lembrar que atualmente o São Paulo conta com apenas quatro zagueiros. Walce, que, na teoria, estaria acima de Rodrigo hierarquicamente, se recupera de lesão no joelho e ficará um bom tempo afastado dos gramados.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.

Futebol