PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Pênalti desperdiçado na Libertadores aumenta jejum de Luiz Adriano para sete jogos

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

23/10/2020 08h00

O centroavante Luiz Adriano, antes artilheiro do Palmeiras na temporada, vive um jejum de gols. O pênalti desperdiçado contra o frágil Tigre pela Copa Libertadores aumentou o tabu vivido pelo experiente atacante para sete partidas sem balançar as redes.

Em seu último gol, também em cobrança de pênalti, Luiz Adriano marcou o primeiro no triunfo por 2 a 0 sobre o Corinthians, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro, na Neo Química Arena. Desde então, passou em branco contra Grêmio, Guaraní, Flamengo, São Paulo, Coritiba, Fortaleza e Tigre.

Luiz Adriano teve a chance de reencontrar as redes na goleada sobre o Tigre, mas bateu pênalti sofrido por Gabriel Menino para defesa do goleiro Zenobio. Para sorte do Palmeiras, Gustavo Gomez marcou de cabeça na cobrança do escanteio originado pela intervenção do arqueiro adversário.

Com 11 gols em 33 jogos, Luiz Adriano caiu para a segunda colocação na lista de artilheiros do Palmeiras nesta temporada. A primeira posição é ocupada por Willian, atualmente na reserva, que anotou um total de 14 gols em 40 partidas disputadas em 2020.

Luiz Adriano terá uma nova oportunidade de encerrar seu jejum diante do Atlético-GO. Na tentativa de voltar a vencer após quatro derrotas consecutivas no Campeonato Brasileiro, o Palmeiras entra em campo às 16 horas (de Brasília) deste domingo, pela 18ª rodada, no Estádio Olímpico.

O Palmeiras deve enfrentar o Atlético-GO com Weverton; Gabriel Menino, Felipe Melo, Luan e Matias Viña; Patrick de Paula, Zé Rafael e Raphael Veiga; Rony, Wesley e Luiz Adriano. Os jovens Danilo e Gabriel Jesus, com a Seleção Sub-20, e o paraguaio Gustavo Gomez, suspenso, são desfalques certos.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.

Futebol