Premiação tem bonde dos atrasados, resenha e show de irmão de Endrick

Um auditório lotado vendo a diversão de uma criança de quatro anos, que havia acabado de chegar e não demonstrava qualquer sinal de timidez, enquanto o irmão, apenas 13 verões mais velho, era premiado no palco como um dos melhores jogadores da temporada. A cena que ocorreu ontem e ilustra bem como foi o Troféu Mesa Redonda 2023.

Show no palco

Endrick, um dos mais aguardados, acabou "ofuscado" pelo irmãozinho. O pequeno Noah Gael não parou um minuto sequer desde que chegou e explorou os corredores do auditório.

A joia palmeirense foi chamada ao palco ao ser eleito um dos melhores atacantes, mas ficou mesmo olhando para o caçula. O atacante de 17 anos beijou os pais antes de subir, e depois brincou: "Meu irmão não para quieto".

O menino ficava andando de um lado para o outro, tirando risadas do público. "Imitando" o que o primogênito faz em campo, Noah deu um baile no pai, que tentava fazê-lo se juntar à família. Os dribles do caçula divertiam o público.

Endrick brincou e adiantou que não quer que o irmão siga seus passos em campo. "Não quero que ele seja jogador, não, vida difícil demais. Melhor ser jogador de tênis", explicou.

Os pontuais e o bonde dos atrasados

Gabriel Moscardo dando entrevista no Troféu Mesa Redonda 2023
Gabriel Moscardo dando entrevista no Troféu Mesa Redonda 2023 Imagem: Jullia Bomfim/TV Gazeta

Os jogadores começaram a aparecer por volta das 13h30, com Beraldo e Moscardo puxando a fila. As joias de São Paulo e Corinthians, respectivamente, foram os primeiros astros do evento a falar e atender pedidos de fãs. Depois deles, chegaram nomes como Tchê Tchê, Everson, Lucas Moura, Rafinha e o técnico Dorival Júnior, além dos ex-jogadores Hernandes, Miranda e Dedé.

O início da cerimônia, no entanto, se estendeu por mais de uma hora enquanto os demais personagens eram aguardados. A demora se deu porque boa parte dos jogadores que compareceria ao evento estava em outra premiação — a Bola de Prata, da ESPN —, que foi realizada poucas horas antes..

Continua após a publicidade

Nenhum dos quatro palmeirenses premiados estava no local quando a gravação começou — assim como Abel, que foi homenageado. Os campeões Murilo, Piquerez, Raphael Veiga e Endrick, escolhidos para a seleção do futebol brasileiro de 2023, chegaram com a cerimônia em curso.

Luis Suárez, eleito o melhor jogador da temporada, também foi um dos atrasados. O atacante uruguaio fez uma dobradinha, vencendo as principais categorias dos dois prêmios do dia, e saiu cheio de troféus, apesar de a agenda lotada mal dar brechas para refeições.

Abel Ferreira, técnico do Palmeiras, no Troféu Mesa Redonda 2023
Abel Ferreira, técnico do Palmeiras, no Troféu Mesa Redonda 2023 Imagem: Jullia Bomfim/TV Gazeta

O bonde dos atrasados se tornou um espetáculo à parte. Pescoços curiosos se levantavam para tentar ver qual celebridade do mundo da bola aparecia, enquanto o prêmio seguia ou estava em uma das paradas. Os palmeirenses eram os mais comentados.

Resenha e descontração

Enquanto isso, a premiação seguia com clima descontraído. Os premiados eram recebidos no palco pelos apresentadores e conversavam sobre temas que tangenciavam o futebol, indo de histórias de vida a assuntos banais do cotidiano. Tchê Tchê comentou sobre a infância; Everson contou que é o responsável por fazer as compras no supermercado e Lucas brincou sobre a queda do cabelo.

Continua após a publicidade

A resenha também teve espaço na cerimônia. Cada jogador ainda tinha um padrinho ou madrinha, de cujas mãos vinha o troféu. O "velho" Rafinha, como ele mesmo se chamou, recebeu o prêmio de Cicinho, também lateral e ídolo são-paulino, e ambos trocaram elogios sobre quem jogou mais. Já o jovem Moscardo foi questionado se recebeu mensagens de "oi, sumido" na faculdade com o sucesso repentino no futebol, e rapidamente negou — sua namorada estava em uma das cadeiras do local.

Os premiados no Troféu Mesa Redonda

Melhor jogador: Suárez

Seleção: Everson; Rafinha, Murilo, Beraldo e Piquerez; Tchê Tchê, Villasanti, Raphael Veiga e Lucas; Suárez e Endrick.

Revelação: Gabriel Moscardo

Técnico: Dorival Júnior

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes