Indisciplina de Marcos Leonardo e Jean Lucas abala vestiário do Santos

O atacante Marcos Leonardo e o volante Jean Lucas geraram uma crise interna no Santos após chegarem atrasados e, segundo quatro fontes do clube ouvidas pelo UOL, com comportamento alterado para a viagem com destino a Curitiba, na última sexta-feira, para enfrentar o Athletico-PR.

O que aconteceu

O técnico Marcelo Fernandes liberou o elenco para almoçar fora do CT Rei Pelé antes da viagem e Marcos Leonardo e Jean Lucas voltaram para o local cerca de 20 minutos atrasados e com comportamento alterado. Relatos de quatro pessoas que presenciaram a cena e aceitaram falar com a reportagem em anonimato disseram que o centroavante agia como se estivesse embriagado.

Marcos Leonardo teria gritado com seus companheiros de elenco e reclamado da reserva, como relataram as fontes. O atacante perdeu a posição de titular para o argentino Julio Furch na manhã de sexta.

Quem estava no local relatou à reportagem que o jogador demorou a se acalmar e, quando o fez, não se desculpou com os responsáveis pela equipe, o técnico Marcelo Fernandes ou o coordenador técnico Alexandre Gallo.

Para Gallo, Marcos Leonardo reclamou de ter sido colocado na reserva. O dirigente não encarou bem a postura do jogador, principalmente pela importância que o atacante ganhou nas últimas semanas: ele foi capitão do time pela primeira vez contra o Botafogo, uma semana antes do ato de indisciplina. O clube pretende aplicar uma multa ao atacante.

Marcelo Fernandes e Gallo cogitaram cortar Marcos Leonardo da viagem, mas ele seguiu relacionado com aval do presidente Andres Rueda. O camisa 9 treinou normalmente no sábado e entrou no segundo tempo da derrota por 3 a 0 para o Athletico no domingo.

Jean Lucas também chegou atrasado e, conforme o relato de quem esteve presente, alterado. Ele, diferentemente do atacante, pediu desculpas imediatamente e ficou quieto durante todo o percurso entre o CT Rei Pelé ao aeroporto.

Após o episódio, a diretoria se reuniu com o elenco e funcionários e pediu responsabilidade e comprometimento com a temporada.

Marcelo Fernandes e Alexandre Gallo tentam aparar as arestas para que o Santos tenha foco máximo no jogo contra o Fortaleza, amanhã, na Vila Belmiro. O Peixe depende de si para continuar na Série A. O clima não é dos melhores.

Continua após a publicidade

Os representantes de Marcos Leonardo foram procurados pelo UOL e negaram o comportamento alterado. Em contrapartida, confirmaram um atraso de 20 minutos por parte do jogador.

O UOL entrou em contato com o Santos, que não respondeu a reportagem até a publicação deste material.

Por meio de nota enviada ao UOL, Jean Lucas afirmou: "Não admitirei insinuações com caráter difamatório que sugiram uma conduta que venha a ferir a postura profissional que sempre tive em minha carreira e regrada que sempre tive em minha vida pessoal, amparado por minha religiosidade e minha fé".

Canal do Santos no Whatsapp

Quer saber tudo o que rola com o Santos sem precisar se mexer? Conheça e siga o novo canal do UOL dedicado ao time no WhatsApp.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes