Fortaleza vence, escapa de vez do Z4, e Bragantino sai da briga pelo título

O Fortaleza venceu o Bragantino por 2 a 1, no Nabi Abi Chedid, e tirou a equipe paulista da briga pelo título, em jogo da 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os gols foram marcados por Yago Pikachu, Calebe e Eric Ramires.

O Bragantino permaneceu com 59 pontos e não pode mais alcançar o líder Palmeiras, mas garantiu uma vaga na Libertadores do ano que vem, após o empate entre Athletico-PR e Cruzeiro.

O Fortaleza, por sua vez, se distanciou completamente da zona de rebaixamento e voltou a triunfar no Brasileirão após nove jogos. A equipe de Vojvoda ocupa a 11ª colocação, com 48 pontos.

As duas equipes jogarão em casa neste domingo (3), às 18h30 (de Brasília), pela penúltima rodada. O Leão do Pici enfrenta o Goiás, enquanto o Braga recebe o Coritiba.

Como foi o jogo

Primeiro tempo: Fortaleza deixou o adversário jogar e sobrou nos contra-ataques. Vojvoda repetiu a estratégia do jogo passado, contra o Palmeiras, e fez 2 a 0 com brilho de Calebe, que deu assistência para Yago Pikachu aos 13 e marcou aos 23. O Bragantino pressionou no final e conseguiu diminuir ao 48, com Eric Ramires.

Segundo tempo: Fortaleza segurou o Bragantino, que teve prejuízo com dois a menos. Mesmo indo para cima, a equipe de Caixinha não conseguiu superar o ferrolho do Fortaleza e ainda viu Eric Ramires e Alerrandro serem expulsos. O goleiro Cleiton chegou a tentar a sorte na área adversária no abafa do final do jogo.

Gols e destaques

Estratégia eficaz. O Fortaleza marcou forte em linha baixa e apostou nos contra-ataques, o que se mostrou eficaz desde o início do jogo.

Continua após a publicidade

0x1: Aos 13 minutos, Calebe aproveitou um passe errado de Léo Realpe, puxou um contra-ataque e passou para Yago Pikachu, que chutou forte e viu a bola bater na trave esquerda antes de entrar, abrindo o placar para o Fortaleza.

0x2: Aos 23 minutos, Calebe deixou sua marca novamente. Recebeu um passe de Thiago Galhardo, dominou a bola colocando-a à frente, deixou Lucas Cunha para trás e mandou no cantinho direito, ampliando a vantagem para o Fortaleza.

1x2: Já nos acréscimos, Mosquera partiu para cima da marcação e ajeitou para Eric Ramires, que finalizou de esquerda e contou com um desvio para balançar a rede.

Na etapa final, o Red Bull Bragantino pressionou em busca do empate. Os principais lances vieram com Matheus Gonçalves, que acertou a trave e Juninho Capixaba, que também assustou com um chute perigoso.

A partida ficou ainda mais tensa quando dois jogadores do Braga foram expulsos por agressão após revisões no VAR. Aos 29 minutos, Eric Ramires recebeu cartão vermelho por pisar em Pedro Augusto fora do campo. Aos 33 minutos, Alerrandro chutou a perna de Brítez mesmo com o jogo já parado e também foi expulso.

Mesmo com dois jogadores a menos em campo, o Red Bull Bragantino continuou com mais posse de bola e pressionando em busca do empate. Fernando Miguel fez uma defesa impressionante em um bonito chute de Léo Realpe, garantindo a vitória para o Fortaleza.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes