Cruzeiro supera pênalti perdido, empata com o Athletico e segue ameaçado

Cruzeiro e Athletico-PR empataram por 1 a 1, no Mineirão, em jogo agitado na 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time da casa dominou o primeiro tempo, foi punido pela 'Lei do Ex' e ainda teve um pênalti desperdiçado, mas arrancou o empate para ficar um pontinho mais distante, apesar da proximidade da zona do rebaixamento.

Vitor Roque abriu o placar para o Furacão, aos 20 minutos do segundo tempo. O atacante, revelado pela Raposa, voltou a balançar a rede após ter se recuperado da lesão no tornozelo direito.

Bruno Rodrigues perdeu um pênalti pouco depois. O artilheiro cruzeirense teve a cobrança defendida por Bento, aos 30'.

Matheus Pereira deixou tudo igual nos últimos minutos, aos 40' da etapa final. Ele, que havia sofrido a penalidade, acertou um chutaço de fora da área.

O Athletico foi a 53 pontos, mas não tem mais chances de ficar com uma vaga na Libertadores. A equipe continuou em oitavo, só que não pode mais passar o Bragantino, sexto colocado, na tabela — o Furacão no máximo igualaria os 59 pontos do Massa Bruta, mas ficaria atrás no número de vitórias (16 a 15).

Já o Cruzeiro chegou a 45, ainda em 14º, tendo aumentado a distância para quatro pontos a distância para o Z4. A equipe mineira tinha a chance de praticamente confirmar sua permanência na Série A em caso de vitória, mas o empate ficou com um gosto agridoce pela situação da partida.

As equipes voltam a campo no domingo (3), às 18h30 (de Brasília). O Furacão recebe o Santos, na Ligga Arena, enquanto a Raposa visita o Botafogo, no Nilton Santos.

Como foi o jogo

Bruno Rodrigues, do Cruzeiro, lamenta após perder pênalti no jogo contra o Athletico-PR, pelo Brasileirão
Bruno Rodrigues, do Cruzeiro, lamenta após perder pênalti no jogo contra o Athletico-PR, pelo Brasileirão Imagem: Gilson Lobo/Agif

O Cruzeiro começou o jogo com muita motivação, contando com o apoio da torcida que retornou ao Mineirão. Durante o primeiro tempo, o time da casa pressionou bastante, criando várias chances de gol, mas esbarrou em defesas do goleiro Bento e parou também no travessão. A resposta do Athletico só veio aos 45 minutos do primeiro tempo, quando Willian teve uma oportunidade clara de gol, mas foi impedido pelo goleiro Rafael Cabral.

Continua após a publicidade

No segundo tempo, o Cruzeiro continuou pressionando e acabou surpreendido pelo gol de Vitor Roque, aos 20 minutos. O jovem jogador aproveitou um cruzamento de Erick.

O time da casa não desanimou nem mesmo após o pênalti perdido. O time comandado por Paulo Autuori conseguiu empatar com Matheus, que acertou um chute certeiro no canto e igualou.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora