Ex-PSG detona Messi e Argentina após jogo contra o Brasil: 'Nº 1 em fingir'

Jérôme Rothe, ex-jogador do PSG e hoje apresentador na rádio francesa RMC Sport, disparou críticas a Lionel Messi e aos jogadores argentinos pelas confusões em campo na última Data Fifa.

Falta de surpresa com atitude: "Vi o jogo [contra o Brasil]. Mais uma vez, não estou surpreso com a atitude deles. Já faz muito tempo, só que a Copa do Mundo reforçou este comportamento. Eles são campeões do mundo e nós os parabenizamos por isso. Mas lembramos muito bem que eles foram beneficiados pelo famoso 12º homem [árbitro] em alguns momentos..."

Número um em fingir: "O que é certo é que não são o melhor time do mundo, isso com certeza. Hoje, há jogadores que são campeões do mundo e eu os parabenizo por isso, mas estão longe de ser os melhores em sua posição. Por outro lado, em termos de comportamento, eles são o número um em fingir ser outros. Começando pela estrela deste time, Leo Messi."

Verdadeira personalidade à tona: "Ele, agora que é campeão do mundo após ter passado os últimos dois anos descansando bem no PSG para a Copa do Mundo... Ele tinha uma imagem de um garoto cativante, mas agora ele passou para o outro lado porque foi pego pela patrulha e sua verdadeira personalidade vem à tona. Hoje, ele não pode mais ser tocado. Assim que leva uma pancada, ele faz o mesmo pensamento que fez com Rodrygo, dizendo: 'Ei, eu sou campeão do mundo'. Agora, nem podemos mais falar com ele quando eles são os primeiros a fazê-lo!

Sem comando: "Estou muito surpreso com o comportamento deles, deixa muito a desejar e, infelizmente, só nos lembramos disso agora. Para mim, eles são campeões mundiais com pouca gente no comando."

Messi, da Argentina, no jogo contra o Brasil, pelas Eliminatórias
Messi, da Argentina, no jogo contra o Brasil, pelas Eliminatórias Imagem: Jhony Pinho/Agif

O que aconteceu

Rothen deu a declaração na quarta-feira da semana passada (22). Ele fez as críticas em seu programa Rothen Em Chamas (em tradução livre).

Na véspera, Messi e Rodrygo discutiram em campo antes do início do jogo no Maracanã. A partida teve início atrasado devido à briga entre torcedores e PMs na arquibancada.

Continua após a publicidade

O brasileiro teria chamado o craque da Argentina de cagão, que rebateu: 'Somos campeões do Mundo" — de acordo com leitura labial feita pela emissora argentina Tyc Sports e pelo diário Olé. O motivo do bate-boca foi que Messi levou os demais jogadores de volta ao vestiário diante da confusão. Os argentinos retornaram ao gramado e venceram por 1 a 0.

Ugarte faz gesto obsceno para provocar De Paul durante a vitória do Uruguai sobre a Argentina, pelas Eliminatórias
Ugarte faz gesto obsceno para provocar De Paul durante a vitória do Uruguai sobre a Argentina, pelas Eliminatórias Imagem: Reprodução/X

Os jogadores da Argentina também tiveram um atrito no outro jogo da Data Fifa, contra o Uruguai. Ugarte, uruguaio do PSG, fez uma provocação obscena a De Paul durante um desentendimento e Messi reclamou no final do jogo, cobrando respeito.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes