Áustria vence e afunda Alemanha em ano péssimo antes da Eurocopa

Já classificadas à próxima Eurocopa, a Alemanha e a Áustria entraram em campo hoje (21) para um amistoso que terminou com mais um tropeço para os alemães: 2 a 0 para a seleção austríaca.

Donos da casa, os austríacos começaram melhor e abriram o placar com Sabitzer, ainda antes dos 30 minutos.

A Alemanha até tentou reagir, mas perdeu Sané, expulso no início do segundo tempo, e teve dificuldades para buscar o empate. A Áustria aproveitou a vantagem e foi letal para fechar a vitória por 2 a 0.

Má fase: os tetracampeões mundiais encerram um ano muito ruim, com seis derrotas, dois empates e três vitórias.

Como foi o jogo

O jogo começou aberto, mas com mais chances claras para os austríacos.

Logo no início a Áustria quase abriu o placar, após vacilo de Rüdiger e chute desperdiçado por Baumgartner. Antes dos 20 minutos, Gregoritsch recebeu nas costas da zaga e saiu na cara de Trapp, que fez ótima defesa.

A insistência dos donos da casa surtiu efeito aos 29, quando Sabitzer recebeu passe de Baumgartner, se livrou com habilidade da marcação e bateu no cantinho para abrir o marcador.

O duelo continuou aberto, mas os alemães ainda sofriam para encontrar espaço na defesa adversária.

Continua após a publicidade

Sané se enfurece e é expulso: no início do segundo tempo, Sané se descontrolou com Mwene após ser cobrado pelo zagueiro por uma falta feita pelo alemão, empurrou o adversário pelo pescoço e levou o cartão vermelho direto.

Com um a menos, a Alemanha não se fechou e ainda tentava atacar, mas não oferecia perigo à defesa austríaca. O resultado e a vantagem numérica favoreceu os donos da casa a administrarem o placar com certa tranquilidade.

Golaço: uma belíssima jogada aos 28 do segundo tempo levou a Áustria a ampliar o placar. Em troca de passes, Gregoritsch recebeu uma ótima bola pela entrada da área, ajeitou com técnica para a passagem de Baumgartner, que entrou sozinho e tocou por cobertura para fazer o segundo dos donos da casa.

Dali em diante, os poucos avanços dos alemães se resumiram a bolas alçadas à área e chutes de longe, sem sucesso.

Má fase da Alemanha

Desde a eliminação precoce e dolorosa na fase de grupos da Copa do Mundo, a Alemanha viveu um 2023 bastante abaixo da crítica: em 11 jogos, perdeu seis, empatou dois e venceu três.

Continua após a publicidade

Entre as derrotas, a goleada do Japão por 4 a 1 e a vitória da Colômbia por 2 a 0, ambas em casa, foram as mais destacadas — e inesperadas.

Em setembro, diante do mau momento, a federação alemã demitiu o técnico Hansi Flick e contratou Julian Nagelsmann para seu lugar. Porém, o novo treinador tampouco soma bons resultados: com o confronto de hoje, são duas derrotas (Turquia e Áustria), um empate (México) e uma vitória (Estados Unidos).

O cenário conturbado é ainda mais preocupante se considerado o fato de que a Alemanha sediará a próxima Eurocopa - por isso já está automaticamente classificada.

Já os austríacos garantiram sua vaga na Euro com o segundo lugar no Grupo F das Eliminatórias, com 19 pontos em oito jogos.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes