Classificada à Euro, Espanha vence Chipre com golaço de joia do Barcelona

A Espanha venceu o Chipre por 3 a 1, no Limassol Stadium, em Kolossi, em partida pela 9ª rodada das Eliminatórias da Eurocopa 2024.

Os gols espanhóis foram marcados por Lamine Yamal, Mikel Oyarzabal e Joselu. Pileas descontou para o Chipre.

Já classifica à Euro-2024 junto com a Escócia, a Espanha se isola na liderança do Grupo A, com 18 pontos. Por outro lado, o Chipre segue na lanterna, sem somar pontos.

Como foi o jogo

A seleção espanhola dominou o jogo desde o início, especialmente no primeiro tempo.

Aos 5 minutos de partida, Yamal abriu o placar para a Espanha com um golaço. O atacante de 16 anos driblou o goleiro, deixou dois marcadores no chão e finalizou com precisão.

Aos 22, Oyarzabal ampliou a vantagem dos visitantes. O meia recebeu passe de Grimaldo e finalizou com sucesso na saída do goleiro.

Seis minutos depois, Joselu marcou o terceiro gol espanhol. O centroavante completou cobrança de escanteio de Oyarzabal.

No segundo tempo, o ímpeto da seleção espanhola diminuiu, permitindo que o Chipre crescesse no jogo.

Continua após a publicidade

Pileas marcou o gol de honra para o Chipre aos 30 minutos da etapa complementar, em um contra-ataque bem executado após um lançamento de Charalampous.

Ficha técnica

CHIPRE 1x3 ESPANHA
Data: 16 de novembro de 2023, às 14h (de Brasília)
Local: Limassol Stadium, em Kolossi, Chipre
Árbitro: Mikola Balakin (Ucrânia)
Cartões amarelos: Anderson Correia, Karo, Kousolos e Spoljaric (Chipre); Rodrigo Riquelme (Espanha)
Gols: Lamine Yamal (5' do 1ºT), Mikel Oyarzabal (22' do 1ºT) e Joselu (28' do 1ºT) para a Espanha; Kostas Pileas (30' do 2ºT) para o Chipre
Chipre: Panagi; Andreou, Gogic, Karo (Kousoulos), Laifis e Ioannou; Kyriakou (Charalampous), Kyprianou (Spoljaric), Kastanos e Anderson Correia (Pileas); Pittas (Kakoullis). Técnico: Temur Ketsbaia
Espanha: Raya; Jesús Navas (Carvajal), Pau Torres, Le Normand (David García) e Grimaldo; Zubimendi, Gavi e Mikel Merino (Aleix García); Lamine Yamal (Ferran Torres), Morata e Oyarzabal (Rodrigo Riquelme). Técnico: Luis de la Fuente

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes