Flamengo prepara estreia de goleiro ex-Boca após 14 jogos no banco

Depois de muita espera, o Flamengo prepara a estreia do goleiro Agustín Rossi para o jogo contra o Athletico-PR, pela 23ª rodada do Brasileirão, na próxima quarta-feira (13). Esta será a última partida antes da final da Copa do Brasil diante do São Paulo.

O que aconteceu

Será a primeira partida do argentino desde que chegou ao clube, após passar 14 jogos no banco de reservas.

Rossi já tinha sido testado por Jorge Sampaoli antes do clássico com o Botafogo, mas o técnico optou por não fazer mudanças no setor.

O titular, Matheus Cunha, está convocado à seleção sub-23, e, mesmo que volte a tempo, da partida contra o Athletico em Cariacica, deve ficar no banco.

Rossi tem se integrado bem ao time de goleiros, apesar de ter encarado a reserva com o status de ser das contratações na janela mais recente.

A ideia de escalar Rossi contra o Athletico reforça o papel de Santos como terceiro goleiro, após ser titular na primeira parte do ano.

Demorou a chegar

Rossi foi contratado pelo Flamengo ainda no início do ano. O clube anunciou o pré-contrato em 9 de janeiro. O namoro entre as duas partes já era antigo.

Continua após a publicidade

Apesar das tentativas do departamento de futebol, o Boca Juniors não quis liberar o atleta para o Fla antes do fim do contrato. A escolha foi por emprestá-lo ao Al-Nassr.

Por praticamente não ter atuado no clube de Cristiano Ronaldo (oito jogos em seis meses), ele precisou de um tempo para chegar às condições técnicas e físicas ideiais. Isso ajuda a explicar a demora para a estreia.

O argentino foi o goleiro que mais pegou pênaltis no mundo entre 2019 e dezembro de 2022. Os números são do Sofascore.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes