Topo

Brasileirão - 2023

Fluminense domina Athletico, tem golaço de Nino e vence outra no Brasileiro

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

22/04/2023 18h03

Classificação e Jogos

O Fluminense foi superior e venceu o Athletico-PR, na tarde de hoje (22), no Maracanã, chegando ao segundo resultado positivo no Brasileiro, em duas rodadas. O triunfo por 2 a 0 aconteceu com gols de Lima e Nino, que balançou a rede em uma linda cabeçada.

Com o resultado, o Tricolor chegou a seis pontos, enquanto o Furacão permanece com três.

Na próxima rodada, o time de Diniz visita o Fortaleza, e os paranaenses enfrentam o Atlético-MG fora de casa.

As equipes voltam a campo na terça-feira, pela Copa do Brasil. O Flu terá pela frente o Paysandu, no Mangueirão, e o Athletico-PR vai receber o CRB.

Como foi o jogo?

Em casa. O Fluminense foi superior no primeiro tempo do jogo. A equipe de Fernando Diniz conseguiu imprimir o ritmo de jogo e criou boas oportunidades. O Athletico-PR, por outro lado, encontrava dificuldades em alinhar a marcação e achar espaços para os avanços ao ataque.

Pelas alas. As jogadas em que a bola terminou na rede aconteceram após tramas pelas alas. Lima aproveitou corte parcial da defesa depois de cruzamento pela esquerda. André mandou para o gol após jogada pela direita, mas o gol foi anulado após análise no VAR.

Mudanças. O Furacão fez alterações e voltou diferente para o segundo tempo. A equipe de Paulo Turra conseguiu ter um pouco mais a bola e presença no campo de ataque.

Equilíbrio e vitória. O Flu, aos poucos, conseguiu equilibrar as ações e voltou a ter mais a bola. Após conseguir fazer pressão em uma sequência de jogadas no setor ofensivo, chegou ao gol com Nino, de cabeça. O gol levou tranquilidade ao time das Laranjeiras, apesar de os paranaenses ainda conseguirem assustar.

Lances importantes

4 minutos do 1º tempo: Cano aproveitou sobra após falta e bateu de primeira. A bola pegou na rede pelo lado de fora

1x0: Aos 11 minutos do 1º tempo, a defesa do Athletico-PR afastou cruzamento e a bola sobrou para Lima. O meia finalizou, a bola desviou e entrou.

33 minutos do 1º tempo: após jogada pela direita, a bola fica com André na área. O volante finaliza e balança a rede, mas o gol foi anulado após verificação no VAR. A arbitragem avaliou que Keno, que estava impedido, participou da jogada ao bloquear um adversário.

51 minutos do 1º tempo: Thiago Andrade recebeu nas costas da defesa, dominou e bateu rapidamente, levando perigo ao gol de Fábio.

9 minutos do 2º tempo: Thiago Heleno fez falta em Arias, que precisou de atendimento médico. O clima fechou e houve uma discussão mais áspera entre os jogadores dos dois times.

2x0: Aos 21 minutos do 2º tempo, Lima cobrou escanteio curto para Alexsander, que cruzou. Nino, com uma bonita cabeçada, mandou no ângulo.

30 minutos do 2º tempo: Pablo recebeu cruzamento e tentou um toque. A bola bateu em Vitor Mendes e o árbitro apontou pênalti. Após análise no VAR, recuou da decisão.

41 minutos do 2º tempo: Flu saiu em velocidade e a bola chegou em Lelê, que cruzou para Cano. O argentino, sem marcação, mandou por cima.

Arias 100 jogos

Titular contra o Athletico-PR, o colombiano Arias chegou a 100 jogos com a camisa do Fluminense

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 2 X 0 ATHLETICO-PR

Competição: Campeonato Brasileiro
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Dia e hora: 22 de abril, sábado, às 16h (horário de Brasília)
Árbitro: Paulo Cesar Zanovelli da Silva (FIFA/ MG)
Assistentes: Neuza Ines Back (FIFA/ SP) e Celso Luiz da Silva (MG)
Cartões amarelos: Samuel Xavier, Keno (FLU); Pablo, Erick, Pedrinho (ATH)
Cartões vermelhos: -
Gols: Lima, do Fluminense, aos 11'/1ºT; Nino, do Fluminense, aos 21'/2ºT

Fluminense: Fábio; Samuel Xavier, Nino, Felipe Melo (Vitor Mendes) e Alexsander; André, Lima (Thiago Santos) e Ganso (Gabriel Pirani); Arias, Keno (Lelê) e Cano (John Kennedy). Técnico: Fernando Diniz

Athletico-PR: Bento; Madson, Pedro Henrique, Thiago Heleno e Pedrinho; Fernandinho (Vitor Bueno), Erick (Christian) e Léo Cittadini (Hugo Moura); Cuello (Vitor Roque), Pablo e Thiago Andrade (Rômulo). Técnico: Paulo Turra