PUBLICIDADE
Topo

Futebol

CR7 é visto em Lisboa após faltar a treino no United, diz jornalista

Cristiano Ronaldo comemora gol marcado pelo Manchester United em jogo contra o Brentford - Phil Noble/Reuters
Cristiano Ronaldo comemora gol marcado pelo Manchester United em jogo contra o Brentford Imagem: Phil Noble/Reuters

Do UOL, em São Paulo

04/07/2022 19h02

Depois de não se reapresentar ao Manchester United nesta segunda-feira (7), Cristiano Ronaldo teria sido visto em Lisboa. Segundo o jornalista Pedro Sepúlveda, o craque foi visto saindo do centro de treinamento da seleção portuguesa.

Em vídeo publicado (veja abaixo) no perfil do jornalista, um homem que seria Cristiano Ronaldo aparece dirigindo um Rolls Royce branco. Não está claro o que ele fazia no local.

O jornal britânico The Sun informou nesta segunda-feira que CR7 recebeu uma folga extra por "motivos familiares".

De acordo com o jornal The Times, Cristiano Ronaldo conversou com a diretoria do Manchester United e pediu para deixar o clube em caso de uma 'proposta satisfatória' na próxima janela de transferências. O português de 37 anos deseja jogar a Champions League, competição que o clube inglês não disputará na próxima temporada.

Segundo a publicação, CR7 acredita que lhe restam três ou quatro anos em alto nível e quer estar num clube onde possa conquistar títulos coletivos e individuais. O português retornou ao United nesta temporada e ainda tem mais dois anos de vínculo com o clube.

O jornal espanhol AS informou que o agente do português, Jorge Mendes, se encontrou com o presidente do Barcelona, Juan Laporta, para discutir, entre outras questões, a possibilidade de o craque português vestir a camisa da equipe catalã.

Na temporada passada, Laporta já havia sondado a possibilidade e disponibilidade de incorporar Cristiano, mas a delicada situação econômica do Barcelona o impediu de abordar seriamente esta questão. Dessa forma, o craque acertou com o Manchester United.

Em meio às especulações a respeito do futuro de CR7, o jornal AS publicou que o United se recusa a abrir mão do jogador de 37 anos. Clubes como Bayern de Munique, Chelsea, Roma e Napoli estão monitorando sua situação.

Futebol