PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro

Promessa do Cruzeiro decide depois de 'geladeira' por renovação arrastada

Daniel Júnior comemora gol pelo Cruzeiro contra o Sport, pela Série B - Thomas Santos/Cruzeiro
Daniel Júnior comemora gol pelo Cruzeiro contra o Sport, pela Série B Imagem: Thomas Santos/Cruzeiro

Lohanna Lima

Colaboração para o UOL, em Belo Horizonte, MG

29/06/2022 04h00

Classificação e Jogos

Uma das principais promessas da base do Cruzeiro atualmente, o meia-atacante Daniel Júnior aproveitou bem a oportunidade de titular que recebeu do técnico Paulo Pezzolano. Foi do jovem o gol da virada contra o Sport, por 2 a 1, ontem (28), no Mineirão, pela 15ª rodada da Série B do Brasileiro.

Daniel entrou na vaga de Rodolfo e começou entre os 11 iniciais pela primeira vez desde o jogo contra o Náutico, em 15 de maio, pela sétima rodada da competição. O hiato tem justificativa: além de um imbróglio na renovação de contrato do atleta no mesmo mês, o técnico Paulo Pezzolano adota um tom cauteloso sempre que questionado sobre oportunidades ao jovem de 20 anos.

Seis dias após o jogo contra o Náutico, Daniel voltou a treinar no sub-20 da Raposa em meio à renovação de contrato que demorou para ser resolvida. A situação desagradou o staff do atleta, enquanto o Cruzeiro se fez valer do direito de não colocar o jogador na vitrine enquanto a situação contratual não fosse definida.

O novo vínculo entre as partes foi anunciado em 26 de maio. No entanto, ao ser questionado sobre o retorno do jogador à lista de relacionados, Pezzolano disse na ocasião que o atleta ainda precisava evoluir em alguns fundamentos. O jogador, porém, reapareceu entre os convocados cinco dias depois.

Ontem, após Daniel Jr. voltar a atuar como titular, Pezzolano destacou que cabe a ele entender a melhor hora para escalar cada atleta.

"Eu creio que futebol é momento. E como treinador, eu tenho que ver e escolher o momento que eu acho adequado para o jogador. Hoje [ontem] achei adequado para o Dani. Ele foi muito bem e estou contente por ele. Se ele não estivesse treinando bem, ficaria afogado com 15 minutos, mas suportou bem o ritmo intenso", pontuou.

Daniel foi lançado por Pezzolano no Campeonato Mineiro deste ano. O jogador de 20 anos possui 19 jogos pela Raposa e três gols, sendo o que foi anotado sobre o Sport foi o seu primeiro pela Série B.

Cruzeiro