PUBLICIDADE
Topo

Copa do Brasil - 2022

Fortaleza abre vantagem no clássico contra o Ceará com dois gols de Pikachu

Colaboração para o UOL, em Maceió

22/06/2022 21h59

Classificação e Jogos

O Fortaleza bateu o Ceará por 2 a 0 no Clássico-Rei, na noite de hoje (22), pela ida das oitavas de final da Copa do Brasil, na Arena Castelão, e saiu na frente para seguir vivo na competição de mata-mata. Yago Pikachu assinalou os dois gols do Leão, aos 7' e aos 39' do segundo tempo.

Ceará e Fortaleza voltam a se enfrentar pela Copa do Brasil em 13 de julho, às 20h, também na Arena Castelão. Para conquistar a vaga na próxima fase, o Fortaleza pode perder por até um gol, enquanto o Vozão precisa vencer por três gols de diferença.

Foi bem: Richardson não deixa passar nada

Richardson participou bem do jogo, tanto defensivamente quanto ofensivamente. Decisivo no desarme e nas transições, dominou o lado direito do campo e neutralizou Juninho Capixaba e Silvio Romero

Foi mal: Vina sumido em campo

Embora tenha ajudado na marcação, fazendo função de primeiro zagueiro, Vina que é vice-artilheiro da competição, com três gols, pouco participou do jogo e não ofereceu ao Ceará a ofensividade que costuma ter. Foram raras as ocasiões em que de fato o atacante conseguiu mostrar perigo.

É gol do Pikachu

Pikachu mostrou mais uma vez por que é peça fundamental no elenco de Juan Vojvoda. Dono de 17 gols na temporada e 24 participações diretas em gols da equipe em 2022, balançou as redes duas vezes.

Fortaleza muda postura no segundo tempo

O Leão entrou escalado com três volantes, mas o resultado não foi o esperado e o time não conseguiu impor domínio no meio de campo. A escalação escolhida por Vojvoda, embora tenha conseguido pressionar no primeiro tempo, só surtiu efeito na segunda etapa depois de subir um pouco mais a marcação, atrapalhar as saídas de bola e pressionar o rival.

Romero, do Fortaleza, durante partida contra o Ceará pela ida das oitavas da Copa do Brasil - Lucas Emanuel/AGIF - Lucas Emanuel/AGIF
Romero, do Fortaleza, durante partida contra o Ceará pela ida das oitavas da Copa do Brasil
Imagem: Lucas Emanuel/AGIF

Ceará desperdiça o domínio

O Vozão apresentou meio-campo controlador e superior durante a partida, tendo mais posse de bola e sabendo se comportar melhor com a redonda nos pés. Apesar disso, não soube aproveitar o domínio de jogo para apostar em jogadas mais ofensivas que pudessem levar perigo ao gol de Marcelo Boeck.

Robson sente o joelho e deixa o campo

Robson caiu em campo e reclamou de dores no joelho, precisando ser retirado de maca. Após a saída, o atleta foi observado e foi constatada uma entorse no joelho esquerdo. O atacante fez tratamento inicial com gelo no vestiário e, amanhã, realizará exames.

Robson disputa bola com Luiz Otávio em Fortaleza x Ceará, pelas oitavas da Copa do Brasil - LC MOREIRA/ESTADÃO CONTEÚDO - LC MOREIRA/ESTADÃO CONTEÚDO
Robson disputa bola com Luiz Otávio em Fortaleza x Ceará, pelas oitavas da Copa do Brasil
Imagem: LC MOREIRA/ESTADÃO CONTEÚDO

Primeira chance em poucos segundos

Moisés entrou aos 27 ainda do primeiro tempo, no lugar de Robson, que deixou o campo machucado. Em poucos segundos em campo, perdeu uma das melhores chances do Tricolor de Aço na partida. O atacante recebeu na área e tocou para Romero, que não conseguiu chegar na bola a tempo.

Cronologia

O primeiro lance de perigo saiu apenas aos 20, com chute de Vina, do Ceará, para fora. O Fortaleza respondeu aos 27, com jogada de Romero e Moisés. O Vozão só deu o troco aos 36, com Richardson. No segundo tempo, Yago Pikachu abriu o placar para o Fortaleza, logo aos 7 minutos e ampliou aos 39, de pênalti.

Próximos jogos

O Fortaleza viaja para pegar o Atlético-MG, sábado (25), às 21h. No dia seguinte, o Vozão encara o Atlético-GO, às 18h, ambos pela 14ª rodada do Brasileirão.

FICHA TÉCNICA:

FORTALEZA 2 x 0 CEARÁ
Competição:
Copa do Brasil - jogo de ida das oitavas de final
Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
Data: 22 de junho de 2022 (quarta-feira)
Horário: 20h (de Brasília)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (Fifa/RJ)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (Fifa/MG) e Thiago Henrique Neto Corrêa (RJ)
Cartões amarelos: Juninho Capixaba, Robson, Ronald, Felipe (FOR); Richard Coelho, Richardson, Messias, João Ricardo, Iury Castilho (CEA)
Gols: Yago Pikachu (FOR), aos 7' e aos 39' do 2º T

FORTALEZA: Marcelo Boeck, Ceballos, Marcelo Benevenuto, Titi, Felipe (Lucas Lima), Ronald (Matheus Vargas), José Welison, Yago Pikachu, Juninho Capixaba e Robson (Moisés) (Habraão), Silvio Romero (Depietri). Técnico: Juan Vojvoda

CEARÁ: João Ricardo, Nino Paraíba, Messias, Luiz Otávio, Bruno Pacheco (Victor Luis), Richard Coelho (Fernando Sobral), Richardson, Rodrigo Lindoso (Iury Castilho), Lima (Erick), Vina E Cléber (Matheus Peixoto). Técnico: Marquinhos Santos