PUBLICIDADE
Topo

Corinthians

Corinthians se posiciona sobre homofobia e sinalizadores em clássico

Torcida do Corinthians lotou a Neo Química Arena para o clássico contra o São Paulo - Marcello Zambrana/AGIF
Torcida do Corinthians lotou a Neo Química Arena para o clássico contra o São Paulo Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Colaboração para o UOL, em Belo Horizonte

22/05/2022 23h44

Classificação e Jogos

O Corinthians divulgou um comunicado oficial sobre os incidentes envolvendo seus torcedores durante o empate no clássico contra o São Paulo neste domingo (22). O clube repudiou os cantos homofóbicos e afirmou que identificou o torcedor que acendeu o sinalizador durante a partida, fatos relatados na súmula pelo árbitro Wilton Pereira de Sampaio.

De acordo com o clube, o torcedor foi localizado pelo sistema de câmeras do estádio e conduzido pela Polícia Militar à sala de policiamento para devida identificação. O Corinthians também comunicou ao árbitro para que a súmula seja atualizada e, assim, evitar uma punição ao clube.

Em relação aos gritos homofóbicos, o clube repudiou e afirmou que sempre usa suas próprias redes sociais para "a ilegalidade desses comportamentos inaceitáveis". Na zona mista, o presidente do Corinthians, Duílio Monteiro, havia condenado a atitude da torcida.

Corinthians