PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Roger diz que Grêmio ganhou um ponto e cobra atitude após empate

Lucas Uebel/Lucas Uebel/Gremio FBPA
Imagem: Lucas Uebel/Lucas Uebel/Gremio FBPA

Do UOL, em Porto Alegre

16/05/2022 23h29

Classificação e Jogos

O Grêmio jogou pouco, saiu na frente, mas nos acréscimos tomou o empate do Ituano. Foi hoje (16), no estádio Novelli Júnior. Roger Machado, treinador gremista, admitiu a atuação fraca e afirmou que o time ganhou um ponto em jogo da sétima rodada da Série B. Em tom de cobrança, o técnico ainda revelou ter dado bronca no elenco no intervalo e pediu mais empenho ao longo das partidas.

Diego Souza abriu o placar, no início da segunda etapa, e Lucas Nathan empatou aos 48 do segundo tempo.

"Não foi um primeiro tempo bom. Falei aos atletas que troquei duas posições no intervalo, mas eu podia ter escolhido cinco posições para trocar. Tecnicamente e coletivamente não estivemos bem no primeiro tempo. Sofremos, sofremos muito. Fomos marcados fortemente, com muitas faltas, força física. Não conseguimos nos adaptar ao que o jogo pedia. Com as mudanças, passando ao 4-4-2, conseguimos controlar um pouco mais o jogo. Levamos o gol no final e penso que a gente ganhou um ponto, sim", disse o treinador do Grêmio.

Em outro trecho da entrevista, Roger Machado subiu o tom da cobrança.

"Comentei com os atletas que tinha imaginado que a gente já tinha entendido o tom da segunda divisão. Só a camisa não vai garantir o acesso. Temos que entrar com intensidade do primeiro ao último minuto. Sofremos no jogo. Temos que entrar sempre duro. As arbitragens não estão dando faltas, hoje foi um jogo muito solto. Com muitos lances acima do aceitável, porém eu tinha muita expectativa pela formação do primeiro tempo — justamente pelos dois momentos em que o Gabriel entrou. (...) Mas definitivamente temos que entender o tipo de competição que estamos jogando. Vai ser disso aqui para mais", afirmou Roger.

O Grêmio volta a campo contra o Criciúma, na quinta-feira (19), em Porto Alegre.

Futebol