PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Palmeirenses fazem campanha por recontratação de locutor do Allianz Parque

Marcos Costi, locutor do Allianz Parque desde o segundo jogo do Palmeiras no estádio, em 2014  - Arquivo Pessoal
Marcos Costi, locutor do Allianz Parque desde o segundo jogo do Palmeiras no estádio, em 2014 Imagem: Arquivo Pessoal

Diego Iwata Lima

Do UOL, em São Paulo

19/01/2022 17h09

A torcida do Palmeiras se engajou, nesta quarta-feira (19), em uma campanha no Twitter pela volta de Marcos Costi à função de locutor oficial do Allianz Parque, que ele exercia desde 2014. A hashtag #VoltaCosti ficou uma boa parte do dia entre os assuntos mais comentados da rede social. Embora trabalhasse no estádio, Costi era funcionário do Palmeiras e foi demitido na semana passada.

Em seu canal no YouTube, o "Tá lá dentro", frase que também era seu bordão para anunciar os gols do Palmeiras durante os jogos, Costi afirmou ter sido demitido por um desentendimento com o assessor de imprensa da presidente Leila Pereira, Olivério Júnior, que vem recebendo muitas críticas de palmeirenses.

Costi relatou que Olivério o procurou para tirar satisfação, pois o locutor teria se referido jocosamente ao jornalista como "gambá" em um grupo de Whatsapp, e isso acabou chegando ao conhecimento de Olivério por meio de um print de tela de smartphone. Gambá é a maneira pejorativa com que palmeirenses se referem aos corintianos, e Olivério Júnior jamais escondeu torcer para o time do Parque São Jorge.

O locutor revelou ter se desculpado com Olivério mesmo sem ver o print. E afirma ter explicado que não quis ofendê-lo e que se referia pelo apelido a familiares e amigos que torcem pelo Corinthians em tom ameno, sem intenção de ofender. Segundo o relato de Costi, Oliverio disse que aceitava as desculpas e que a demissão não seria mais realizada. Dias depois, porém, Costi foi de fato despedido.

O UOL Esporte fez contato com Olivério Júnior para conhecer seu lado da história, mas o assessor preferiu não comentar.

Futebol