PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Vitão: Palmeiras é o grande favorito na Copinha, vai acabar a musiquinha

Do UOL, em São Paulo

18/01/2022 12h33

Classificação e Jogos

Os torcedores rivais costumam usar o fato de o Palmeiras jamais ter vencido a Copa São Paulo como uma forma de provocar os palmeirenses, mas na edição atual o time chega às quartas de final da competição mirando a possibilidade de encerrar o longo jejum na competição.

No UOL News Esporte, Vitor Guedes afirma que o Palmeiras pode acabar em breve com duas piadas feitas pelos torcedores rivais e acredita que o clube pode chegar ao primeiro título da Copinha, avisando que os rivais aproveitem enquanto ainda podem cantar a musiquinha provocativa.

"O Inter é o atual campeão e eu acho que a gente pode ter visto o jogo do ex-campeão contra o atual campeão, eu acho que vai acabar a musiquinha. Acho que o Palmeiras é o grande favorito aí, está jogando muito bem e o time é muito forte", diz Vitão.

"A chance é real de acabar com a piada dupla e acho que na Copinha a chance é maior ainda. É óbvio que o São Paulo pode ganhar, o Santos, o Mirassol, os times que ficaram, não tem nenhum azarão total ali, mesmo o Oeste, que tirou o Flamengo. Mas o time do Palmeiras já vem forte na base há muito tempo, não repetia isso na Copinha e acho que até a piada tem importância nisso", completa.

O jornalista afirma que a própria provocação dos rivais pode estar por trás da importância dada pelo clube na edição atual, ao não tirar jogadores que já poderiam subir para o profissional, assim como a torcida tem apoiado desde o primeiro jogo.

"Do tanto que tem a piada, o Palmeiras está levando bem a sério a competição, talvez algumas pessoas que estão jogando a competição já estariam treinando com o profissional, não fosse essa coisa do Palmeiras", diz Vitão.

"Mesmo o público do Palmeiras, historicamente não é de lotar estádio em Copinha, ligava mais para as finais, e a torcida do Palmeiras desde o começou foi na sede em Diadema acompanhar os jogos, um horário ruim, 11h da manhã. Enfim, a piada, se você gosta de karaokê, aproveita, vai logo, canta bastante porque pode acabar", conclui.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol