PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Rivalidade faz Atlético-MG trocar Tríplice Coroa por Triplete Alvinegro

Atlético-MG já reservou o espaço para o segundo troféu da Copa do Brasil - Divulgação/Atlético-MG
Atlético-MG já reservou o espaço para o segundo troféu da Copa do Brasil Imagem: Divulgação/Atlético-MG

Lohanna Lima e Victor Martins

Do UOL, em Curitiba e Belo Horizonte

16/12/2021 04h00

Uma rápida passagem pelas redes sociais do Atlético-MG e fica fácil constatar que o clube evitou o termo Tríplice Coroa para se referir às três conquistas de 2021. Nesta quarta-feira o Galo bateu o Athletico-PR, por 2 a 1, na Arena da Baixada, e levantou o terceiro troféu do ano. O Alvinegro também ganhou o Campeonato Mineiro e o Campeonato Brasileiro.

Ao invés de usar Tríplice Coroa, o Atlético optou por Triplete Alvinegro. Antes mesmo de qualquer posicionamento do clube, o volante Tchê Tchê falou sobre o assunto. De acordo com o camisa 37, todos os jogadores foram orientados a usar Triplete ao invés de Tríplice.

"A gente sabe o quão difícil é ganhar um título, então conquistar o triplete alvinegro, não pode falar a outra palavra é sério, nós fomos orientados", contou Tchê Thcê, em entrevista ao Sportv.

Via assessoria de imprensa, o Atlético confirmou ao UOL Esporte que vai adotar o termo Triplete Alvinegro.

O motivo é muito claro: a rivalidade com o Cruzeiro. Em 2003 a Raposa também venceu Mineiro, Brasileiro e Copa do Brasil. Para marcar aquela temporada especial, o clube celeste passou a tratar os títulos como Tríplice Coroa. Inclusive, entre o começo de 2004 e fevereiro de 2021, o escudo do Cruzeiro tinha uma coroa em referência às conquistas de 2003.

Futebol