PUBLICIDADE
Topo

Corinthians

Corinthians volta a depender apenas de si para terminar o Brasileirão no G4

Sylvinho, técnico do Corinthians, durante partida contra o Grêmio, pelo Brasileiro - Foto: Agência Corinthians
Sylvinho, técnico do Corinthians, durante partida contra o Grêmio, pelo Brasileiro Imagem: Foto: Agência Corinthians

Yago Rudá

Do UOL, em São Paulo

06/12/2021 21h56

Classificação e Jogos

Com a derrota do Fortaleza diante do Cuiabá na noite de hoje (6), o Corinthians volta a entrar na última rodada do Campeonato Brasileiro dependendo apenas de si para terminar a competição no grupo dos quatro primeiros colocados, faturar os R$ 28 milhões pagos pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol) e bater sua meta orçamentária em premiações.

Mesmo com o tropeço de ontem contra o Grêmio, o Corinthians viu Red Bull Bragantino e Fortaleza serem derrotados nesta rodada e manteve a quarta colocação na tabela. Desta forma, uma vitória diante do Juventude, na próxima quinta (9), coloca o time do técnico Sylvinho no G4 do Campeonato Brasileiro.

O Timão briga apenas com o Leão do Pici pela quarta colocação no Brasileiro. isto porque, o Alvinegro soma 57 pontos e não pode mais ser alcançado pelo Bragantino, que possui 53. O Fortaleza soma 55 pontos ganhos e precisa de uma vitória na última rodada, quando recebe o Bahia, no Castelão, e mais um empate ou derrota do Corinthians para ultrapassar a equipe paulista.

Caso empate em pontos com o Alvinegro, o Fortaleza ganha no critério de desempate já que possui mais vitórias no Brasileirão. A rodada que fecha a temporada do futebol nacional acontece na próxima quinta-feira, com todas as dez partidas sendo disputadas simultaneamente, a partir das 21h30 (horário de Brasília).

Encerrar o Brasileirão entre os quatro melhores times da Série A é uma meta traçada pela diretoria de futebol em conjunto com a comissão técnica. No início do segundo semestre deste ano, o Corinthians investiu na contratação de quatro reforços (Roger Guedes, Giuliano, Renato Augusto e Willian) e projeta o dinheiro ganho com a vaga na fase de grupos da Copa Libertadores para montar um time mais competitivo no ano que vem.

Corinthians