PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Mauro Cezar: A melhor opção para o Flamengo seria trazer Marcelo Gallardo

Do UOL, em São Paulo

30/11/2021 12h07

Com a saída de Renato Gaúcho anunciada ontem, com o time indo a campo hoje, diante do Ceará, com o interino Mauricio Souza, a dúvida que fica no Flamengo é em relação ao nome do próximo treinador, que deverá ser um estrangeiro, com nomes do argentino Marcelo Gallardo e dos portugueses André Vilas-Boas e Carlos Carvalhal citados entre os possíveis candidatos.

No UOL News Esporte, Mauro Cezar Pereira afirma que a melhor opção para o clube rubro-negro seria a contratação de Gallardo, que pode deixar o River Plate depois de vencer o Campeonato Argentino, na 13ª taça conquistada em sete anos. O jornalista cita não apenas a carreira vencedora, como o conhecimento do futebol sul-americano, da Libertadores e o perfil de trabalho do argentino.

"Eu acho que a melhor opção seria trazer o Marcelo Gallardo, o Marcelo Gallardo é um técnico que está deixando o River Plate, ao que tudo indica, é um técnico que em sete anos ganhou 13 taças pelo River Plate, duas Libertadores, não ganhou a terceira porque perdeu aquela de 2019 para o Flamengo daquela maneira, quase ganhou a terceira, foi por muito pouco, ganhou uma Sul-Americana no ano seguinte ao ano da volta da segunda divisão do River", diz Mauro.

"Além de ele perder jogadores, ele tem jogadores que desenvolve, o Nacho nunca foi um jogador de destaque antes de trabalhar com o Gallardo. É um cara que conhece o futebol brasileiro, já enfrentou os principais adversários do Flamengo, já enfrentou o Flamengo, conhece o elenco, conhece a Libertadores", completa.

Mauro Cezar cita a entrevista com Gustavo Grossi, ex-River Plate, no Dividida, na qual o hoje diretor do Internacional falou sobre a necessidade de um clube para poder contar com Gallardo, ressaltando que não bastará apenas oferecer dinheiro ao técnico.

"Não é só o dinheiro, ele vai querer 3 anos de contrato pelo menos, com total estabilidade, zero chance de ser demitido, isso vai ter que ficar no contrato de alguma forma, plenos poderes para fazer as mudanças e eu acredito que se ele for contratado pelo Flamengo, ou algum time aqui do Brasil, ele vai analisar elenco, vai mexer no elenco, dispensar jogador, pedir jogador, e vai começar tudo não do zero, mas um novo alicerce vai ser montado, uma nova equipe, com uma outra mentalidade de futebol", diz o jornalista.

"Para mim, ele é disparado o melhor nome, mas é preciso paciência se contratar um cara desse e para chegar nele, tem que chegar com dinheiro e com projeto. Aqui no Brasil basta o dinheiro, você vai atrás de um técnico, fala 'eu tenho essa grana', o cara vem correndo, raros se preocupam com o contexto geral, com o trabalho de longo e médio prazo, raros, é um ou outro, em geral o cara quer a vitrine, um grande time, um ótimo elenco e a grana. Ele vai querer a grana, claro, qualquer um deles, mas vai querer um trabalho", conclui.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol