PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro

Cruzeiro praticamente zera chances de acesso; risco de rebaixamento é de 6%

Jogadores do Remo comemoram gol diante do Cruzeiro na Série B - Fernando Moreno/AGIF
Jogadores do Remo comemoram gol diante do Cruzeiro na Série B Imagem: Fernando Moreno/AGIF

Do UOL, em Belo Horizonte

29/10/2021 10h56

A derrota do Cruzeiro para o Remo, por 3 a 1 em plena Arena Independência, praticamente zerou as chances do time mineiro de retornar à elite do futebol nacional nesta temporada. Com 39 pontos e ocupando a 13ª posição na tabela, o time comandado por Vanderlei Luxemburgo fatalmente disputará a Série B pelo terceiro ano consecutivo.

Antes da 32ª rodada começar, a Raposa tinha 0,016% de chances de acesso. Com o nono revés na competição, este número caiu para 0,0002%, de acordo com os dados atualizados pelo departamento de matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Em relação à possibilidade de queda para a Série C, o torcedor celeste pode praticamente respirar aliviado. Faltando seis rodadas para o término da atual edição, e precisando de duas vitórias para matematicamente se livrar de qualquer temor, o Cruzeiro tem apenas 6,4% de risco de, pela primeira vez em sua história, figurar entre os clubes da terceira divisão nacional.

Atualmente, a distância do time mineiro para a zona de rebaixamento é de sete pontos. Londrina e Vitória, times que abrem o Z-4, somam 32 e têm uma partida a menos que os celestes. Neste sábado (30), os sulistas encaram o Confiança e os nordestinos têm pela frente a Ponte Preta; ambos como visitantes.

Cruzeiro