PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Gabigol se desculpa com Felipão, mas treta com Borja em novo Fla x Grêmio

Colaboração para o UOL, em Maceió

19/09/2021 20h51

Classificação e Jogos

Antes de a bola rolar na derrota de hoje (19) do Flamengo por 1 a 0 para o Grêmio, pela 21ª rodada do Brasileirão, no Maracanã, Gabigol abraçou e se desculpou com o técnico Luiz Felipe Scolari, o Felipão. Eles tinham discutido na última partida entre as equipes, na quarta-feira. Entretanto, no final do primeiro tempo o atacante do Flamengo se envolveu em nova confusão, desta vez com Borja.

Gabigol x Borja

Borja abriu o placar no jogo de hoje aos 47 do primeiro tempo, cabeceando no canto esquerdo, sem chance para Diego Alves. O gremista comemorou o gol na frente do goleiro e depois diante do banco do Flamengo. A atitude não agradou os jogadores rubro-negros. Bruno Henrique reclamou com Felipão e Gabigol foi tirar satisfação com Borja.

A confusão continuou depois do apito final do primeiro tempo. Gabigol e Borja deixaram o gramado discutindo. O bate-boca cresceu no túnel de acesso ao gramado do Maracanã, com mais atletas das duas equipes, até a Polícia Militar apaziguar os ânimos dos jogadores.

Apesar de todos os desentendimentos, Borja e Diego Alves se abraçaram ao final da partida indicando terem se resolvido após todas as trocas de provocações durante o jogo.

Gabigol x Felipão

Flamengo e Grêmio se enfrentaram na última quarta-feira, pelas quartas de final da Copa do Brasil, e o time rubro-negro venceu por 2 a 0, garantindo a classificação à próxima fase.

Durante a partida Gabigol se revoltou depois que o árbitro Rodolpho Toski Marques parou um ataque para atendimento médico. Logo depois, o jogador do Flamengo acabou discutindo com o treinador Felipão na beira do gramado.

Na sequência, o técnico Renato Gaúcho preferiu tirar Gabigol de campo, o que acabou surpreendendo o atacante do Flamengo que saiu ainda mais irritado de campo.

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do que foi informado no texto, a derrota do Flamengo para o Grêmio foi por 1 a 0, e não 2 a 0. O erro foi corrigido.

Futebol