PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Ex-jogador do United é condenado após dirigir carro de R$ 500 mil bêbado

Chris Eagles em ação pelo United em 2008; ex-jogador parou em tribunal após ser flagrado bêbado em Audi - John Peters/Manchester United via Getty Images
Chris Eagles em ação pelo United em 2008; ex-jogador parou em tribunal após ser flagrado bêbado em Audi Imagem: John Peters/Manchester United via Getty Images

Do UOL, em São Paulo

15/09/2021 09h29

Ex-companheiro de Cristiano Ronaldo no Manchester United, o britânico Chris Eagles, aposentado dos gramados há pouco mais de um ano, perdeu sua carteira de motorista por três meses e foi condenado a pagar uma multa após decisão de um tribunal inglês. As informações são do Daily Mail.

De acordo com o jornal, o ato se dá meio ano após as autoridades o flagrarem bêbado após vomitar dentro de seu carro, uma Audi avaliada em 70 mil libras (cerca de R$ 500 mil).

Na ocasião, o ex-meio-campista, hoje com 35 anos, foi encontrado descalço e com a cabeça no volante em frente à casa da atriz Jennifer Metcalfe, agora sua ex-namorada. O fato ocorreu na madrugada do dia 21 de março.

Um teste de bafômetro da polícia, ainda segundo o Daily Mail, revelou que Eagles tinha ingerido quase três vezes o limite legal de álcool pouco antes do flagra, feito na cidade de Broadheath.

Ao tribunal, ele admitiu ter dirigido embriagado e revelou estar participando de reuniões do AA (Alcoólicos Anônimos) depois de romper com a atriz.

O ex-meia ainda implorou para que sua carta não fosse suspensa e justificou que tinha que levar os dois filhos à escola, mas as autoridades negaram o pedido. Além disto, ele foi condenado a pagar uma multa de 1,2 mil libras (cerca de R$ 9 mil) e taxas de 275 libras (cerca de R$ 2 mil).

Passagem no futebol

Formado na base do United, Eagles chegou a ser emprestado ao Watford e ao Sheffield United antes de retornar à Manchester, já na temporada 2006/2007.

Ele chegou a atuar lado a lado com Cristiano Ronaldo, mas não se destacou e, no fim de 2008, se transferiu para o Burnley. Depois, rodou por Bolton, Blackpool, Charlton e Wigan, antes de encerrar sua carreira no Oldham, em 2020.

Futebol