PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Chefão da Uefa dispara contra dirigentes de trio da Superliga e cita Mbappé

Aleksander Ceferin ironizou afirmação do presidente do Real Madrid ao abordar negociação com Mbappé - Harold Cunningham - UEFA/UEFA via Getty Images
Aleksander Ceferin ironizou afirmação do presidente do Real Madrid ao abordar negociação com Mbappé Imagem: Harold Cunningham - UEFA/UEFA via Getty Images

Do UOL, em São Paulo

10/09/2021 09h57

O presidente da Uefa, Aleksander Ceferin, voltou a criticar os dirigentes de Real Madrid, Barcelona e Juventus, clubes que fizeram maior pressão para a criação da Superliga, projeto que fracassou após grande polêmica no futebol mundial.

Em entrevista à revista Der Spiegel, o chefão da entidade europeia classificou os desafetos como "incompetentes" e ressaltou a gravidade da iniciativa.

"Eu não me importaria se eles saíssem [da Uefa]. É muito engraçado que eles queiram criar uma nova competição e ao mesmo tempo queiram jogar a Liga dos Campeões nesta temporada", iniciou ele.

"[Os clubes envolvidos] têm dirigentes simplesmente incompetentes. Esses caras tentaram matar o futebol", prosseguiu.

Ceferin ainda utilizou a negociação do Real Madrid com Mbappé para ironizar Florentino Pérez, presidente do clube espanhol, que chegou a falar que a equipe só sobreviveria com a Superliga.

"Florentino Pérez afirmou que o clube dele só sobrevive com uma Superliga, mas depois tenta contratar Mbappé por 180 milhões de euros", finalizou ele à revista.

Futebol