PUBLICIDADE
Topo

Corinthians

Pai de Willian diz que Corinthians conseguiria pagar salário do jogador

Brasileiro Willian deseja sair do Arsenal - Divulgação
Brasileiro Willian deseja sair do Arsenal Imagem: Divulgação

Colaboração para o UOL, em São Paulo

24/08/2021 00h34

A torcida do Corinthians tem mais um motivo para sonhar com a volta de Willian para o Parque São Jorge.

Em entrevista ao vivo no programa 'Arena SBT', Severino Vieira, pai do jogador do Arsenal afirma que o Corinthians tem condições de arcar com o salário do meia, mas avisa: são 8 libras para 1 real.

Criado nas categorias de base do alvinegro, Willian sempre declarou o carinho que tem pelo clube. Carinho que o pai compartilha. "Tem coisas que o dinheiro não paga. Jogar no Corinthians não tem preço. Hoje, daria para pagar (o salário do William). O Corinthians está limpando o elenco e dois, três jogadores que saírem já paga, até porque o William viria de graça", afirmou Severino. "Sair de graça" refere-se à informação do jornalista Fabrizio Romano, que declarou que o Arsenal aceitaria liberar Willian sem custos, precisando apenas arcar com os salários.

Severino ainda confirmou as especulações de que Willian estaria insatisfeito com a situação no Arsenal. Preterido pelo treinador Mikel Arteta, o brasileiro não está nos planos dos Gunners para a temporada 2021/22. "Ele realmente não está feliz, caso contrário não iria querer sair. Ele tem propostas da Europa, mas não é segredo para ninguém que temos o desejo dele encerrar a carreira no Corinthians. Hoje, tudo depende de o Corinthians fazer a proposta e do Arsenal liberar ele", declarou.

Corintiano declarado - inclusive candidato a conselheiro do clube na última eleição - o pai do camisa 10 da seleção brasileira na Copa América de 2019 ainda deixou claro que, se dependesse apenas da vontade dele, o filho voltaria para o Brasil, jogaria no Corinthians e mais: pegaria a camisa 10 alvinegra.

"Se dependesse do meu gosto, ele volta pro Corinthians, põe a 10! Mas ele é profissional, e sabe da carreira dele", finalizou.

Corinthians