PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Mauro: Neymar, há muito tempo, não joga para concorrer a melhor do mundo

Siga o UOL Esporte no

Colaboração para o UOL, em Santos (SP)

12/08/2021 12h57

O jornalista Mauro Cezar fez uma análise do novo trio de ataque do PSG, formado por Messi, Neymar e Mbappé, e avaliou se o novo cenário pode prejudicar o brasileiro na busca pelo prêmio de melhor jogador do mundo. No quadro "Fala, Maurão", o colunista do UOL Esporte aconselhou Neymar a esquecer a premiação e pensar apenas na caça ao título da Liga dos Campeões.

"Neymar e essa história de melhor do mundo é uma coisa quase inseparável, só que o Neymar, há muito tempo, não joga uma temporada para concorrer a melhor do mundo. Na temporada passada, ele sequer foi o melhor do seu time, o melhor foi o Mbappé... E o Messi é um especialista nesse prêmio", ressaltou Mauro Cezar a partir dos 48 segundos do vídeo acima.

"Será que Messi e Mbappé podem beneficiar o Neymar? Acho que, antes de qualquer coisa, o Neymar tem que esquecer esse negócio. Ele tem que pensar no PSG", acrescentou.

O jornalista destacou ainda a importância que o técnico Maurício Pochettino terá no comando do PSG ao tentar equilibrar o time recheado de estrelas.

"No papel, é um timaço. Na prática, o Pochettino vai ter que fazer funcionar. Uma grande questão é equilibrar esse time sem a bola. Vai ter que fazer com que a coisa funcione de maneira que Neymar e Mbappé trabalhem também sem a bola, para ter o Messi descansado", avaliou.

"A máquina precisa ser azeitada para ela realmente funcionar. Esse é o desafio do técnico. Pensar em melhor do mundo? Vai depender muito do que vai acontecer. O mais importante, para todos eles, é pensar em ganhar o título europeu para o Paris Saint-Germain", complementou Mauro.

Futebol