PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Além de tabu, Ceará bateu série invicta de 4 meses do Fortaleza no Castelão

Kelvyn marcou o primeiro gol do Ceará contra o Fortaleza, pela 14ª rodada do Brasileirão - Kely Pereira/AGIF
Kelvyn marcou o primeiro gol do Ceará contra o Fortaleza, pela 14ª rodada do Brasileirão Imagem: Kely Pereira/AGIF

Colaboração para o UOL, em São Paulo

02/08/2021 11h00

Classificação e Jogos

Para além da vitória em um Clássico-Rei e dos três pontos conquistados, o resultado do Ceará na noite de ontem (1º), pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, carregou consigo valores simbólicos que prestigiam a atuação diante do Fortaleza.

A virada por 3 a 1 derrubou, por exemplo, uma sequência de pouco mais de quatro meses sem perder do Leão do Pici no Castelão nesta temporada. Desde 23 de março, quando perdeu por 1 a 0 para o Santa Cruz pela Copa do Nordeste, a equipe tricolor não havia perdido atuando no estádio.

Até este domingo, o Fortaleza fez 23 jogos em casa, com 16 vitórias, seis empates e somente uma derrota na temporada. Considerando apenas o Brasileirão, eram seis triunfos e um empate do Tricolor.

Outro feito do Vozão no difícil clássico cearense foi o prolongamento da invencibilidade da equipe neste Brasileirão. Desde a 5ª rodada, o time de Guto Ferreira venceu quatro partidas e empatou seis. O Alvinegro soma 22 pontos e, em 7º lugar, está na cola do G6 da competição.

Fim do tabu: 1ª vitória do Ceará contra o Leão na temporada

Kelvyn, Cléber e Rick deram números à vitória do Ceará e ajudaram a equipe a acabar com uma estatística que incomodava a torcida em 2021: nesta temporada, nos cinco jogos do Clássico-Rei, o Fortaleza havia vencido dois e empatado três até ontem.

O tabu sem vitórias tinha um peso ainda mais significativo pois, dentre as cinco partidas, estavam a conquista do Leão no Campeonato Cearense e a eliminação do Vozão na terceira fase da Copa do Brasil.

Guto Ferreira e Ceará, a relação mais longa da Série A

Se o Clássico-Rei deste domingo se destacou pelas marcas conquistadas ou derrubadas, uma outra façanha também merece atenção. Há quase um ano e meio no Ceará, Guto Ferreira é o mais longevo entre todos os técnicos da Série A do Campeonato Brasileiro.

Quando chegou à equipe, em março de 2020, a chegada de Guto significou a oitava troca de comando do clube desde 2018, mas a realidade mudou.

Único na função desde então, o treinador conquistou a Copa do Nordeste de 2020 e soma 40 vitórias, 28 empates e 24 derrotas pelo Vozão, que resultam em um aproveitamento de 53,6% dos pontos disputados.

O Ceará volta a campo no próximo domingo (8), às 18h15, novamente no Castelão, para receber o Atlético-GO pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Futebol