PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Botafogo encerra série negativa com Enderson e agora busca paz

Thiago Ribeiro/AGIF
Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Do UOL, em São Paulo

25/07/2021 04h00

É verdade que o Botafogo ainda está longe de viver uma temporada tranquila. Porém, se não exatamente um ponto de virada, o time ao menos espera que a a vitória por 1 a 0 diante do Confiança, ontem (24), traga no mínimo paz e estabilidade para se desenvolver a campanha pela Série B. Ainda mais por ser a estreia do técnico Enderson Moreira e encerrar algumas sequências negativas que estavam incomodando.

A chegada de um novo treinador pode mudar o ritmo e os ares de uma equipe que está em um processo de reconstrução. Encostar no pelotão de cima e brigar realmente pelo acesso à Série A parte muito mais de ser um time compacto e competitivo do que um que se destaca pela sua qualidade técnica mas que desperdiça pontos ao longo do ano.

Enderson não conseguiu se firmar em nenhuma equipe nos últimos anos, porém é inegável que o comandante sabe trabalhar com um time de expressão que está na Série B. Em 2012 foi campeão do torneio comandando o Goiás e em 2017 repetiu o feito, desta vez com o América-MG.

No entanto, o comportamento do treinador logo na sua primeira partida não foi nada bom se a missão é estabilizar. Enderson foi expulso aos 14 minutos do segundo tempo e, indignado, discutiu com o quarto árbitro da partida e vociferou frases como "vai trabalhar com vôlei" e "você é um cara despreparado para trabalhar". Isso não ajuda o ambiente de uma equipe instável e que ainda está procurando a sua identidade na competição.

Antes da partida deste sábado, o clube carioca vinha de uma sequência bem negativa: eram cinco jogos sem saber o que era vencer, com três derrotas e dois empates. Os dois pontos conquistados dos 15 possíveis fizeram a equipe carioca sair da parte de cima da tabela para ficar bem próxima da zona de rebaixamento.

Essa também foi a primeira vitória do clube carioca jogando fora de casa nesta edição da Série B. Até então, eram quatro derrotas e três empates.

Além disso, o triunfo diante do Confiança foi o primeiro em todo o mês de julho, já que o último tinha sido no dia 30 de junho, contra o Vitória, em partida válida pela oitava rodada do campeonato nacional.

O desempenho do Glorioso contra a equipe sergipana ficou longe do ideal, com dificuldade na criação, falta de velocidade nos contra-ataques e insegurança no jogo aéreo. Porém, era um time também cheio de desfalques. A vitória pode trazer novos ares a um clube que vive uma de suas temporadas mais difíceis de sua história.

Futebol