PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Botafogo bate o Confiança e vence pela primeira vez fora de casa na Série B

Romildo comemora gol marcado pelo Botafogo - EMANUEL ROCHA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Romildo comemora gol marcado pelo Botafogo Imagem: EMANUEL ROCHA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Do UOL, em São Paulo

24/07/2021 18h25

Pela primeira vez nesta edição da Série B o Botafogo jogou fora de casa e conseguiu levar os três pontos. O clube carioca foi até o Sergipe e venceu o Confiança por 1 a 0, gol de Romildo, na estreia do técnico Enderson Moreira, em confronto válido pela rodada 14 da competição.

O resultado faz o Fogão ir para 16 pontos e se afastar da zona de rebaixamento. Já a derrota deixa a equipe sergipana na lanterna do campeonato, com 10 pontos.

Na próxima rodada, o Botafogo fará o clássico carioca diante do Vasco, no estádio Nilton Santos, enquanto o Confiança visitará o Brusque, no Augusto Bauer. As duas partidas acontecem no próximo sábado, dia 31.

Antes disso, o Glorioso, que tem um jogo atrasado, atuará na próxima terça-feira (27), diante do CSA. Este jogo é válido pela sexta rodada.

Retrospecto como visitante

O Fogão entrou em campo neste sábado com um retrospecto desesperador como visitante, já que eram sete jogos atuando fora de casa sendo quatro derrotas e três empates. O triunfo deste sábado quebra essa incômoda sequência negativa.

Enderson expulso na estreia

O técnico Enderson Moreira foi bem na montagem do time e durante o confronto mas o comandante foi expulso aos 14 minutos do segundo tempo após discutir com o quarto árbitro da partida.

Quem foi bem: Romildo

Em uma partida em que poucas chances acontecem, destaca-se quem é eficiente. E foi isso o que o volante Romildo, do Botafogo, fez no final do primeiro tempo. Com um belo chute na entrada da área abriu o placar e fez a equipe carioca ir para os vestiários com a vantagem no marcador.

Quem foi mal: Neto Berola

O experiente atacante do Confiança não teve uma partida produtiva, sendo pouco eficiente quando teve a bola no campo de defesa da equipe carioca. Além disso, levou cartão amarelo e foi substituído ainda no intervalo de partida.

Atuação do Confiança

Curiosamente, faltou confiança para a equipe sergipana. Os laterais pouco apoiaram o ataque e os meias foram pouco ousados. Quando criou, o time pecou na falta de competência nas finalizações.

Atuação do Botafogo

Os primeiros minutos do time carioca com Enderson Moreira no comando já mostraram uma equipe mais agressiva sem e com a bola, preenchendo os espaços do campo adversário. O time mostrou dificuldades para criar oportunidades, mas teve uma postura diferente dos outros jogos.

História do jogo

Mesmo jogando fora de casa, o Botafogo tentou se impor e ditar o ritmo do confronto, ocupando o campo adversário e buscando a posse de bola. Com isso, o Confiança se propôs a jogar de maneira mais cautelosa mesmo atuando em seus domínios.

As chances eram raras e o gol foi sair praticamente no último lance do primeiro tempo. Nirley perdeu o tempo de bola, Isaque se livrou mal da bola e Romildo aproveitou para bater cruzado e estufar as redes do goleiro Rafael.

Aos 15 minutos do segundo tempo Rafael Vila perdeu uma chance clara de empatar o confronto deste fim de semana. O meia estava sozinho e sem goleiro no momento do chute que foi para fora.

O Confiança pressionou nos minutos finais ainda mais após expulsão de Warley aos 33 minutos. Porém os visitantes conseguiram manter a defesa sólida e conquistaram a primeira vitória como visitante nesta edição da Série B.

FICHA TÉCNICA
CONFIANÇA 0 X 1 BOTAFOGO

Competição: 14ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B
Data: 24/07/2021
Hora: 16h30 (de Brasília)
Local:
Arena Batistão, em Aracaju (SE)
Árbitro: Zandick Gondim Alves Junior (RN)
Assistentes: Francisco de Assis da Hora (RN) e George Italo Antas Nogueira (RN)
Cartões amarelos: Daniel Penha, Neto Berola, Nirley e Serginho (Confiança); Diego Gonçalves, Romildo e Diego Loureiro (Botafogo)
Cartão vermelho: Warley (Botafogo)
Gol: Romildo, aos 45 minutos do primeiro tempo

Confiança: Rafael; Marcelinho, Nirley (João Paulo), Isaque e Luciano Juba; Madison (Gustavo Ramos), Serginho (Ítalo) e Rafael Vila (Jhemerson); Daniel Penha, Neto Berola (Luidy) e Tiago Reis. Técnico: Rodrigo Santana

Botafogo: Diego Loureiro; Daniel Borges (Ewerton), Lucas Mezenga, Gilvan e Guilherme; Romildo (Kayque), Barreto, Warley, Marco Antônio (Matheus Frizzo) e Diego Gonçalves (Ênio); Rafael Navarro (Rafael Moura). Técnico: Enderson Moreira

Futebol