PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro

Cruzeiro enfrenta o Avaí em busca de paz e fim do jejum de vitórias

Mozart tenta evitar pior sequência de resultados do Cruzeiro desde o rebaixamento do clube, em 2019 - Bruno Haddad/Cruzeiro
Mozart tenta evitar pior sequência de resultados do Cruzeiro desde o rebaixamento do clube, em 2019 Imagem: Bruno Haddad/Cruzeiro

Guilherme Piu

Do UOL, em Belo Horizonte

17/07/2021 10h23

Classificação e Jogos

O Cruzeiro não sabe o que é vencer na Série B do Campeonato Brasileiro há cinco rodadas e, para tirar esse peso das costas, tenta encerrar o recente jejum contra o Avaí, hoje (17), às 16h30, no Mineirão, pela 12ª rodada da competição nacional.

Na 14ª posição com apenas 11 pontos, o time celeste perdeu para o CSA e empilha quatro empates na sequência (Guarani, Brasil de Pelotas, Coritiba e Botafogo).

A partida contra o Avái é importante também para evitar que a Raposa iguale a pior sequência de resultados desde 2019, ano do seu rebaixamento. Na temporada passada, o time azul ficou seis partidas sem vencer em sequência, cinco pelo Brasileirão [derrotas para Chapecoense, América-MG e Brasil de Pelotas; empates com Confiança e CRB] e empate também com o CRB na Copa do Brasil. Essa sequência culminou com a queda do técnico Enderson Moreira.

Caso não vença o Avaí o Cruzeiro chegará à sua pior sequência de resultados desde 2019. Além disso, o time celeste completará hoje 50 rodadas sem figurar no G-4 da Série B. Desde que foi rebaixado a melhor posição da Raposa foi o 10º lugar no ano passado.

Cruzeiro