PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Ministro da Saúde de Buenos Aires critica aglomerações após Copa América

Milhares foram às ruas de Buenos Aires para comemorar o título da Argentina na Copa América - Juan Ignacio RONCORONI/EFE
Milhares foram às ruas de Buenos Aires para comemorar o título da Argentina na Copa América Imagem: Juan Ignacio RONCORONI/EFE

Do UOL, em São Paulo

13/07/2021 00h05

Classificação e Jogos

Daniel Gollan, ministro da Saúde da província de Buenos Aires, na Argentina, criticou as aglomerações protagonizadas pelos argentinos após a conquista da Copa América.

Os torcedores se concentraram no Obelisco, ponto turístico da capital, e em outros pontos da cidade, onde a euforia tomava o lugar dos protocolos de segurança e das máscaras.

"São imagens que não gostamos do ponto de vista da saúde. Se não estivéssemos em uma pandemia, seriam lindas imagens", disse, segundo o site 'El Dia'.

De acordo com os dados da Universidade Johns Hopkins, a Argentina contabiliza 4.662.937 casos de covid-19 desde o início da pandemia, e 99.255 mortes. Gollan estima que até o final de setembro, o país terá conseguido vacinar 80% da população. Assim, "o impacto da pandemia na mortalidade diminuirá significativamente".

Esporte