PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro

De renegado a recordista: Cabral atinge marca após quase deixar o Cruzeiro

Ariel Cabral venceu pelo Cruzeiro duas Copas do Brasil, 2017 e 2018, além dos Campeonatos Mineiros de 2018 e 2019 - Bruno Haddad/Cruzeiro
Ariel Cabral venceu pelo Cruzeiro duas Copas do Brasil, 2017 e 2018, além dos Campeonatos Mineiros de 2018 e 2019 Imagem: Bruno Haddad/Cruzeiro

Guilherme Piu

Do UOL, em Belo Horizonte

21/06/2021 04h00

Classificação e Jogos

O dia 19 de junho de 2021 entra para a história do Cruzeiro e do volante Ariel Cabral. Foi justamente nesta data que o argentino se tornou o estrangeiro com o maior número de jogos com a camisa estrelada. Foram 189 partidas disputadas até aqui em quase seis anos, uma marca que sequer poderia ter acontecido. O UOL Esporte conta como, após quase 300 dias, o meio-campista desbancou o uruguaio Arrascaeta do topo da lista dos gringos que mais vezes entraram em campo pelo clube.

Ariel Cabral foi reintegrado ao elenco cruzeirense pelo técnico Mozart após ficar 259 dias sem atuar pelo clube. O jogador teve uma passagem pelo Goiás na reta final da temporada 2020, quando, ao deixar o Esmeraldino, ficou sem atuar desde então. Neste período o Cruzeiro teve três treinadores Ney Franco, Felipão e Felipe Conceição.

Sem qualquer espaço com Felipe Conceição — demitido depois da eliminação da Raposa na Copa do Brasil — depois de voltar do Goiás, Ariel Cabral ficou treinando na Toca II em horário diferenciado do grupo principal de atletas totalmente sem oportunidade. Neste período foi oferecido por alguns clubes, dentre esses o Botafogo e o Vitória, negociações que não foram para frente.

Ainda quando estava em um limbo desportivo, sem saber se ficaria ou deixaria o Cruzeiro, Ariel Cabral solicitou ao departamento de futebol do clube à época para ser relacionado pelo menos mais uma vez, justamente para se tornar o jogador estrangeiro com o maior número de jogos no clube. Pedido completamente negado, segundo apurou o UOL.

Ainda de acordo com apurações da reportagem, a diretoria cruzeirense pensou em fazer com o argentino o que aconteceu com o zagueiro Léo: impedi-lo de usar as dependências do clube para treinar. O que foi descartado nesse caso por questões jurídicas, tendo em vista que o volante não estava lesionado e em agosto do ano passado havia renovado o seu vínculo, atualmente válido até o fim de 2021.

Sem entrar em detalhes polêmicos, Ariel Cabral usou suas redes sociais para agradecer a obtenção de marca tão expressiva no Cruzeiro.

"Vou começar com a palavra 'gratitude', pois assim foi ensinado. Obrigada a minha família toda por ser o meu porto seguro, a meus amigos por me apoiar nos bons e maus momentos, meus colegas, pois de cada um aprendi alguma coisa que levarei para vida. Muito obrigado Cruzeiro por me abrir as portas desta gigantesca instituição. Este logro pessoal não é no momento mais oportuno, mais podem acreditar que estou feliz, e cada uma das 189 vezes que vesti essa camisa, foram com respeito e honra", publicou.

Em toda sua passagem pelo Cruzeiro, Ariel Cabral, além dos 189 jogos, fez quatro gols.

Cruzeiro