PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro

Cruzeiro demite técnico Felipe Conceição após eliminação na Copa do Brasil

Felipe Conceição foi demitido pelo Cruzeiro após derrota para a Juazeirense e queda na Copa do Brasil - Bruno Haddad/Cruzeiro
Felipe Conceição foi demitido pelo Cruzeiro após derrota para a Juazeirense e queda na Copa do Brasil Imagem: Bruno Haddad/Cruzeiro

Guilherme Piu

Do UOL, em Belo Horizonte

09/06/2021 21h44

Classificação e Jogos

O Cruzeiro está sem técnico. O presidente do clube, Sérgio Santos Rodrigues, anunciou a demissão de Felipe Conceição após a eliminação pela terceira fase da Copa do Brasil. A equipe mineira primeiro perdeu no tempo regulamentar para a Juazeirense por 1 a 0 e, depois, acabou superada por 3 a 2 nos pênaltis.

O revés em Juazeiro, na Bahia, foi mais um resultado ruim para a Raposa, que começou a Série B com duas derrotas —para Cofiança-SE e CRB-AL—, ocupando a lanterna da competição.

"A gente tem que corrigir o rumo enquanto estamos no começo, enquanto temos muito tempo. Em razão disso, a gente conversou com o Felipe [Conceição] e demos descontinuidade ao trabalho dele. Foi uma conversa que tivemos no nosso vestiário hoje. Agradeço ao Felipe pelo tempo que passou aqui, pelas conversas, pelo que tentou fazer. Mas, infelizmente, a performance que a gente esperava não aconteceu", disse Sérgio Santos Rodrigues em entrevista coletiva.

Com a demissão de Felipe Conceição o treinador não apareceu para a rotineira entrevista pós-jogo. Coube ao presidente justificar os atos e pedir desculpa aos torcedores.

"O torcedor cruzeirense, assim como eu, não está feliz. Tenho que pedir desculpa para a torcida. Sem dúvida nenhuma, é inadmissível que o Cruzeiro seja eliminado nessa fase da Copa do Brasil, sendo o maior campeão da Copa do Brasil. Claro que existem diversas adversidades, de campo e outras coisas. O {veterano] Rômulo foi muito feliz na entrevista que ele deu. Começar o Brasileiro, que sempre foi o nosso objetivo, com duas derrotas não é uma coisa que o Cruzeiro pode admitir", afirmou o dirigente.

Felipe Conceição dirigiu o Cruzeiro em 19 jogos em 2021 e somou aproveitamento de 47,36%. Foram oito vitórias, três empates e oito derrotas, com 21 gols marcados e 18 sofridos. Lembrando que o time também ficou fora da decisão do Campeonato Mineiro mais uma vez.

"Um time da grandeza do Cruzeiro não pode estar assim. Agradeço a ele [Felipe Conceição] e toda comissão. A gente já conversa com o nosso executivo, o Rodrigo Pastana, para ver o que fazer de melhor daqui para frente. Conversamos com o grupo e continuamos, como falamos desde o começo, pedindo o apoio de todo mundo, e reiterando meu pedido de desculpa para a torcida. Podem ter certeza que vamos trabalhar muito para corrigir o percurso para no final chegar no caminho que a gente quer, todo mundo espera, que era o acesso à Série A", afirmou o presidente celeste.

Cruzeiro