PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Mauro: Mais difícil em nova liga é que clubes estejam realmente unidos

Colaboração para o UOL, em Santos (SP)

17/06/2021 10h55

Classificação e Jogos

A nova liga entre os clubes brasileiros foi um dos temas abordados por Mauro Cezar no quadro "Fala, Maurão". Segundo o colunista do UOL Esporte, a tentativa é totalmente válida e deve ser festejada, apesar da desconfiança que existe por conta do histórico de movimentos semelhantes que não vingaram.

"Vai ser muito complicado porque federações e CBF não vão gostar, vai haver muita oposição. Vai ter que ser costurada uma negociação muito política, e, o fundamental, é que os clubes estejam realmente unidos. Essa é a parte mais difícil. Ao longo da história, eles não conseguem se unir. É cada um puxando a sardinha para o seu lado, o pensamento individual costuma imperar em relação ao coletivo, que é fundamental para que isso dê certo", disse.

"A tentativa é válida, deve ser festejada, mas a desconfiança é totalmente pertinente por todo histórico. Difícil, mas não impossível, desde que surja, entre os dirigentes, lideranças capazes de fazer com que esse projeto finalmente se torne realidade. É um caminho longo", acrescentou.

Mauro Cezar destacou ainda a importância de que o 'cabeça' da nova liga não esteja ligado diretamente a alguns dos clubes da Série A.

"E outra coisa importante. Sendo criada a liga, é necessária a colocação de um executivo que não tenha vínculo com clube algum. Tem que ser uma pessoa de fora, profissional, capacitada. Equivale a uma grande empresa. Não pode ser gerenciada de forma amadora por presidente de clube A, B ou C", completou.

Futebol