PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Interino diz que Ramírez deixou legado para Inter evoluir: "Trampolim"

Ricardo Duarte/Inter
Imagem: Ricardo Duarte/Inter

Do UOL, em Porto Alegre

13/06/2021 23h17

Classificação e Jogos

Osmar Loss, treinador interino do Internacional, comemorou a vitória diante do Bahia, hoje (13), pelo placar de 1 a 0, elogiando o time e a reação dos jogadores dias após a eliminação na Copa do Brasil e demissão de Miguel Ángel Ramírez. O espanhol, aliás, foi enaltecido pelo comandante temporário. Na visão de Loss, existe legado que ajudará o time gaúcho.

O Inter venceu o Bahia, no estádio de Pituaçu, graças ao gol de pênalti marcado por Edenilson. Ainda no primeiro tempo. Na etapa final, Lucas Ribeiro foi expulso por acertar cotovelada em Rossi no início do segundo tempo.

"Todo profissional que passa em um clube, deixa um legado. Deixa coisas que podem auxiliar a equipe. O Miguel e a comissão dele fizeram isso, deixaram condições para a gente usar como trampolim para o time evoluir.", disse Osmar Loss, logo depois do jogo.

Miguel Ángel Ramírez, e os outros três estrangeiros contratados com ele em fevereiro, foram desligados na sexta-feira (11). Loss assumiu internamente e fez a estreia na função fora de casa, comandando o time na primeira vitória no Brasileirão.

"A gente tem que entender que esse processo de mudança, na nossa cultura, por vezes se torna normal. Não deveria, mas acontece. Não vejo essa mudança na equipe. Não vejo a equipe se entregando mais. Os jogadores sabem a responsabilidade. Os jogadores sabem da necessidade também de dar a prova. Contra o Vitória, eles também mostraram isso, mas a verdade é que o Vitória acertou chutes que nos tiraram da competição. Mas neste jogo nós conseguimos trancar bem a frente da área para isso não acontecer. E os cruzamentos estavam muito bem controlados", declarou o treinador interino do Internacional.

O time gaúcho volta a campo diante do Atlético-MG, em Porto Alegre, na quarta-feira.

Futebol