PUBLICIDADE
Topo

São Paulo

São Paulo leva susto no Morumbi, mas faz 9 a 1 e avança na Copa do Brasil

Eder Traskini

Do UOL, em Santos (SP)

08/06/2021 20h50

Classificação e Jogos

O São Paulo venceu o 4 de Julho (PI) por 9 a 1 na noite de hoje (8), no Morumbi, e avançou para as oitavas de final da Copa do Brasil. O time do Piauí até assustou ao sair na frente com Dudu Beberibe no primeiro minuto de jogo, mas o Tricolor paulista virou e transformou a partida em goleada histórica. Os gols foram de Luciano (2), Pablo (3), Gabriel Sara, Rigoni, Bruno Alves e Chico Bala (contra).

O time de Hernán Crespo precisava bater o time do Piauí por dois gols de diferença para avançar no tempo normal, já que havia sido derrotado por 3 a 2 na partida de ida.

O São Paulo volta a campo neste domingo (13), às 16h, quando visita o Atlético-MG, pela terceira rodada do Brasileirão.

O melhor: Luciano

No momento mais difícil do jogo, foi Luciano quem apareceu para resolver. O atacante marcou o primeiro gol após cobrança de escanteio para empatar o duelo. Depois, se movimentou bem na ultrapassagem e serviu Pablo, que virou a partida.

Quem foi mal: Eder

O mais apagado do sistema ofensivo do São Paulo. Enquanto Pablo marcou três vezes, Luciano, Rigoni e Sara fizeram cada um o seu e deram assistências. Já Eder foi o coadjuvante. O atacante brasileiro naturalizado italiano acabou substituído no intervalo por Igor Vinícius, com Rigoni —escalado inicialmente na ala direita— sendo adiantado em campo.

Cronologia do jogo

Com 30 segundos no relógio, o 4 de Julho abriu o placar. Reinaldo errou passe no meio-campo, o time do Piauí recuperou e Hiltinho recebeu bonito toque de letra de Esquerdinha. Ele tentou o lançamento para o ataque, mas a bola bateu em Léo e sobrou na frente para Dudu Beberibe, que é torcedor são-paulino. O atacante invadiu a área e venceu Tiago Volpi para fazer 1 a 0.

O Tricolor paulista empatou aos 16 minutos. Reinaldo cobrou escanteio, e Luciano apareceu livre no segundo pau para tocar de cabeça para as redes. Seis minutos depois, aos 22, Sara achou a ultrapassagem de Luciano, que cruzou para deixar Pablo de cara com o gol, sem goleiro: virada do São Paulo, 2 a 1.

Aos 30 minutos, Gabriel Sara fez o terceiro do São Paulo. Léo inverteu boa bola para Rigoni na direita, o argentino passou bem pela marcação, ganhou o fundo e cruzou na medida para Sara cabecear. A bola ainda tocou no travessão antes de entrar.

O São Paulo ampliou na segunda etapa. Reinaldo lançou Sara, que foi até a linha de fundo e cruzou para Pablo. Livre, o centroavante girou e bateu no cantinho aos 11 minutos para fazer 4 a 1. Cinco minutos depois, o Tricolor apertou a saída de bola e ganhou. Ela ficou com Rigoni que bateu cruzado e contou com desvio da zaga para marcar seu primeiro com a camisa do São Paulo.

Aos 20 minutos veio o sexto: Reinaldo cobrou escanteio da esquerda e Bruno Alves cabeceou no cantinho. Aos 28, o 4 de Julho colaborou com a goleada: Chico Bala cortou errado e marcou contra após cruzamento de Reinaldo.

Aos 37, Pablo chegou ao "hat-trick": Wellington cruzou da esquerda e o centroavante apareceu no primeiro pau para finalizar. A bola ainda bateu na trave e a zaga tentou tirar em cima da linha, mas o próprio Pablo estava ali para empurrar novamente para dentro das redes.

Aos 44, Luciano fez o nono gol. Após troca de passes, Shaylon bateu e o goleiro deu rebote no pé de Pablo, que rolou para Luciano marcar.

A atuação do São Paulo: escolhas de Crespo funcionam

O São Paulo entrou em campo com quatro atacantes entre os titulares, mas dois deles atuando em outras funções: Luciano era um meia ofensivo, enquanto Rigoni jogava como ala pela direita. As duas opções deram resultado. Além de marcar o primeiro gol em bola parada, Luciano infiltrou bem para — como um autêntico meia — servir Pablo no segundo gol. Rigoni também marcou e deu assistência ao melhor estilo ponta: ele driblou a marcação e cruzou na medida para Sara.

O jogo do 4 de Julho: valente até demais

O time do Piauí veio para o Morumbi como franco-atirador, principalmente após vencer na partida de ida. O gol marcado aos 30 segundos de jogo reforçou o sonho do 4 de Julho, mas a equipe se recusou a apenas se defender. E pagou o preço. Mesmo com dois gols de vantagem, o 4 de Julho não abdicou de jogar e deu espaços para o São Paulo, que foi fatal e transformou o duelo em goleada.

Ala direita ganha mais uma opção

Igor Vinícius, Galeano, Daniel Alves, Orejuela e, agora, Rigoni. Os cinco jogadores já foram utilizados por Crespo como alas pela direita durante a temporada. A boa atuação de Rigoni na função cria mais uma opção para o treinador argentino.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO 9 x 1 4 DE JULHO (PI)

Competição: Copa do Brasil - 3ª fase (volta)
Data: 8/6/2021 (terça-feira)
Horário: 19h (de Brasília)
Local: estádio do Morumbi, em São Paulo
Árbitro: Denis da Silva Ribeiro Serafim (AL)
Assistentes: Esdras Mariano de Lima Albuquerque (AL) e Brigida Cirilo Ferreira (AL)
Gols: Dudu Beberibe, com um minuto do primeiro tempo; Luciano (2), aos 16 do primeiro tempo e aos 44 do segundo tempo, Pablo (3), aos 22 do primeiro, aos 11 e aos 38 do segundo tempo, Sara, aos 30 do primeiro tempo, e Rigoni, aos 16 do segundo tempo, Bruno Alves, aos 20 do segundo tempo, e Chico Bala (contra), aos 28 minutos do segundo tempo.
Amarelos: Bruno Alves, Miranda e Rodrigo Nestor;

São Paulo: Tiago Volpi; Bruno Alves, Miranda e Léo; Rigoni (Igor Gomes), Rodrigo Nestor (Shaylon), Gabriel Sara (Rojas), Luciano e Reinaldo (Wellington); Eder (Igor Vinícius) e Pablo. Técnico: Hernán Crespo.

4 de Julho: Jailson; Edy (André), Gilmar Bahia, Marcelo e Chico Bala; Vitor Recife (Cinelton), Rômulo (Caio César), Esquerdinha (Lucas Pederzoli) e Hiltinho; Dudu Beberibe (Etinho) e Ítalo Pica-Pau. Técnico: Fernando Tonet

São Paulo