PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Após fracasso no PSG de Neymar, Tuchel conquista Champions pelo Chelsea

Thomas Tuchel comemora título do Chelsea na Liga dos Campeões - Marc Atkins/Getty Images
Thomas Tuchel comemora título do Chelsea na Liga dos Campeões Imagem: Marc Atkins/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

29/05/2021 17h59

Um ano após ficar com o vice da Liga dos Campeões, comandando o Paris Saint-Germain de Neymar, e ser demitido meses depois, o técnico Thomas Tuchel conseguiu dar a volta por cima neste sábado (29) ao conquistar o torneio continental junto ao Chelsea, que venceu o rival Manchester City na decisão por 1 a 0.

O treinador foi fundamental para o bicampeonato do Chelsea na Liga dos Campeões. A equipe londrina não vivia bom momento com Frank Lampard no comando e começou a reagir sob o comando do alemão.

Na edição passada da Champions, Tuchel fez uma boa campanha comandando o PSG, já que colocou o time francês pela primeira vez na grande decisão do torneio. No entanto, o desempenho de Neymar, Mbappé e seus companheiros de equipe foi abaixo do esperado na decisão e o título ficou com o Bayern de Munique. No final do ano, o técnico acabou substituído por Maurício Pochettino.


Aos 47 anos, Tuchel teve bons momentos em todas as equipes em que passou como treinador. Além de fazer história pelo Chelsea e de levar o PSG ao quase título europeu, o treinador alemão foi campeão da Copa da Alemanha pelo Borussia Dortmund e no Mainz ficou de 2009 a 2014 com um trabalho muito sólido e consistente.

Além do título europeu, o alemão mostrou também muita eficiência diante dos grandes técnicos do futebol europeu nesta temporada. Ele venceu todas as partidas contra o City de Pep Guardiola (as duas pela Premier League, além da final de hoje), eliminou Simeone e Zidane nas fases anteriores da Champions e bateu Klopp (Liverpool), Mourinho (Tottenham) e Ancelotti (Everton) no Inglês.

Futebol