PUBLICIDADE
Topo

São Paulo

São Paulo: Volpi minimiza derrota na Libertadores e quer foco no Palmeiras

Siga o UOL Esporte no

Colaboração para o UOL, em São Paulo

18/05/2021 23h38

Classificação e Jogos

O goleiro Tiago Volpi minimizou a perda da liderança do São Paulo no Grupo E da Copa Libertadores da América. Com a derrota por 1 a 0 para o Racing-ARG nesta noite, no Morumbi, o Tricolor permaneceu com oito pontos e viu o rival argentino pular para 11 e assumir a ponta.

O São Paulo poupou os titulares por conta da final do Campeonato Paulista nesta quinta-feira (20), contra o Palmeiras, no Allianz Parque. O duelo decisivo no Estadual será no domingo (23), enquanto a última rodada da Libertadores está marcada para a próxima terça-feira (25).

"Pensávamos em vir e ganhar, em poder garantir a classificação e seguir com invencibilidade, mas já foi, já passou. Quinta é final do Paulista e no domingo também. Depois, na próxima semana, é fechar bem [a fase de grupos da Libertadores] dentro de casa e assegurar nossa classificação", afirmou Volpi, único titular que iniciou a partida desta noite.

O São Paulo ainda pode garantir uma vaga nas oitavas de final da Libertadores amanhã, caso o Rentistas-URU não vença o Sporting Cristal-PER em Lima. Já a classificação na primeira colocação do grupo ficou mais complicada, porque dependeria de um tropeço do Racing na última rodada.

"Acho que não é momento de torcer, a condição de classificar depende da gente, vamos definir em casa no último jogo. Independentemente de primeiro ou segundo, o importante é classificar. Se fosse em primeiro, melhor, mas, se não for, o importante é classificar", minimizou Volpi.

"Não vejo como prejuízo [classificar em segundo], é uma competição muito qualificada, não difere muito. A gente vê como está parelho nos outros grupos. Não temos que nos preocupar com lá na frente. Independentemente de primeiro ou segundo, o rival nas oitavas é difícil", acrescentou o goleiro.

São Paulo