PUBLICIDADE
Topo

Santos

Entenda por que o Santos ainda não contratou um executivo de futebol

Jorge Andrade, gerente executivo de esportes do Santos  - Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC
Jorge Andrade, gerente executivo de esportes do Santos Imagem: Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC

Gabriela Brino

Colaboração para UOL, em Santos

16/05/2021 04h00

Depois de oficializar a contratação do técnico Fernando Diniz, o Santos se preparou para contratar um executivo de futebol. Mas, após uma nova investida dar errado, a diretoria optou por esperar e ir ao mercado com mais calma. A ideia de trazer o profissional não foi descartada, mas não existe pressa. Enquanto isso, o gerente de futebol Jorge Andrade estará no comando da função.

Inicialmente, o presidente Andres Rueda contava com Renato Quaresma, membro do Comitê de Gestão com entrada no futebol, para traçar o perfil e concluir a negociação por um executivo. Porém, o gestor pediu afastamento temporário da função há mais de uma semana devido a complicações pós-covid-19. Ele, inclusive, nem sequer participou da votação no CG pela chegada de Diniz.

Com a ausência de Quaresma, Jorge é quem irá ao mercado. O gerente já está alinhado com Diniz quanto a reforços e iniciou algumas conversas. Ele ficará à frente do futebol até o executivo ser contratado.

O novo comandante do Peixe pediu um tempo para conhecer o elenco, sobretudo os Meninos da Vila, para só então analisar quais posições precisará reforçar. Diniz teve uma semana livre com os jogadores e se prepara para enfrentar o The Strongest na terça-feira (18), na Bolívia, pelo quinto jogo da fase de grupos da Copa Libertadores da América.

Santos