PUBLICIDADE
Topo

São Paulo

Primeiro reforço de Crespo, Orejuela mostra cartão de visitas no São Paulo

Orejuela marca em seu estreia pelo São Paulo, contra o Rentistas pela Libertadores - Ernesto Ryan/Getty Images
Orejuela marca em seu estreia pelo São Paulo, contra o Rentistas pela Libertadores Imagem: Ernesto Ryan/Getty Images

Thiago Fernandes

Do UOL, em São Paulo

13/05/2021 04h00

Classificação e Jogos

Primeira contratação do São Paulo da era Hernán Crespo, Orejuela deu um belo cartão de visitas em sua estreia. O lateral direito fez o único gol da equipe no empate por 1 a 1 contra o Rentistas (URU), pela Libertadores, e deu indícios de que pode assumir a posição na ausência de Dani Alves, diagnosticado com um estiramento leve na coxa direita.

Logo aos quatro minutos de jogo, o colombiano aproveitou escanteio cobrado por Igor Gomes e cabeceou para o fundo da rede. O gol, sua única finalização durante o duelo, foi uma amostra do que estava por vir em sua estreia pelo Tricolor, que durou 86 minutos.

No período em que ficou em campo, tocou na bola em 53 oportunidades. Foram 32 passes, sendo 26 certos — um aproveitamento de 81%. O atleta de 25 anos ainda ganhou um duelo pelo chão e dois pelo alto e fez um desarme. Com características ofensivas aguçadas, deu indícios de que pode substituir Dani Alves em uma eventual necessidade.

O cartão de visitas apresentado em sua estreia o coloca na disputa direta com Igor Vinícius, que foi usado na função enquanto Dani Alves esteve ausente. O concorrente por uma posição na equipe reserva foi bem quando foi acionado — são dez jogos, com um gol e três assistências. .

Contratado em março passado com o aval da comissão técnica de Crespo, Orejuela só estreou dois meses mais tarde por causa de um problema clínico. O jogador sofreu lesão muscular antes mesmo da chegada no Morumbi e precisou passar por um longo período de recondicionamento físico. A questão, inclusive, o deixou fora da lista de inscritos na primeira fase do Paulistão 2021. Recuperado, já está à disposição para as quartas de final do torneio.

Ele foi adquirido por 2 milhões de euros (R$ 12,84 milhões na cotação atual) em duas parcelas idênticas e anuais, sendo a primeira quitada em 2021 e a segunda apenas na próxima temporada.

Além do pagamento do montante, ficaram acertados outros dois pontos na negociação. O Tricolor paulista terá de quitar uma antiga dívida da Raposa com o lateral direito e, por fim, foi abatido um débito dos mineiros com os paulistas devido ao empréstimo de Everton Felipe, em 2020. Os detalhes da negociação são confirmados por Pedro Lourenço.

São Paulo