PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Casillas reclama de assédio e pede respeito após término com Sara Carbonero

Iker Casillas foi Campeão com a Espanha no Mundial de 2010 - Michael Regan - FIFA/FIFA via Getty Images
Iker Casillas foi Campeão com a Espanha no Mundial de 2010 Imagem: Michael Regan - FIFA/FIFA via Getty Images

Do UOL, em São Paulo

07/05/2021 17h15

Iker Casillas relatou que ele e a família estão sendo vítimas de um "assédio midiático" desde ele e sua ex-esposa, a jornalista Sara Carbonero, anunciaram a separação. Em nota divulgada a imprensa, o ex-goleiro pediu respeito e reiterou que a separação foi "amigável".

"O assédio da mídia que eu e minha família estamos sendo submetidos está nos causando danos irreparáveis. Gostaria de enfatizar que nossa separação foi amigável. No comunicado que eu e minha esposa divulgamos, pedimos respeito a mim, a ela e aos meus filhos. Infelizmente isso não está acontecendo, é um assédio permanente".

Entre as notícias divulgadas após a separação do casal, estava a que ele estava com novos problemas de saúde decorrentes do infarto do miocárdio que o tirou dos campos em 2019. O ídolo do Real Madrid e da seleção espanhola prometeu processar quem veiculou a informação "totalmente falsa".

"Todas as informações falsas que estão sendo divulgadas sobre mim terão que ser provadas nos próximos meses nos Tribunais. Várias revistas publicaram notícias sobre o meu estado de saúde, sugerindo que tinha sofrido uma recaída da doença que já superei, quando era um simples ataque de alergia", explicou.

"Por fim, peço respeito a esse setor do qual nunca participei, pessoal ou profissionalmente", finalizou.

Ex-jogador divulgou nota oficial  - Reprodução - Reprodução
Casillas divulgou comunicado reclamando sobre o assédio sofrido após o divórcio
Imagem: Reprodução

Futebol