PUBLICIDADE
Topo

Santos

Com direito a sal grosso, Santos goleia The Strongest na Vila Belmiro

Gabriela Brino

Colaboração para UOL, em Santos

04/05/2021 21h04

Classificação e Jogos

Com direito a sal grosso espalhado no entorno da Vila Belmiro, o Santos venceu a primeira pela Libertadores neste ano. E foi uma vitória para desencantar, mesmo: 5 a 0 contra The Strongest-BOL nesta noite, pelo terceiro jogo de fase de grupos. Marinho, Gabriel Pirani, Vinicius Balieiro, Lucas Braga e Kevin Malthus balançaram a rede sob o comando do interino Marcelo Fernandes.

Os torcedores usaram uma boa quantidade de sal para escrever a seguinte mensagem próxima ao vestiário santista: "sai zica", Não se sabe se a medida teve algum efeito na prática, mas o fato é que o Santos enfim mostrou suas credenciais de atual vice-campeão do torneio.

O Peixe dominou os bolivianos em casa com uma facilidade tremenda. Tiveram espaço e campo para fazer o que bem quisessem. Mas vale dizer que, apesar da atuação apática do adversário, o Alvinegro esteve dinâmico e atento. Criou e, o principal: chutou ao gol com apetite e eficiência.

Nem um minuto

Não deu tempo de o relógio marcar um minuto, e o Santos já havia aberto o placar na Vila Belmiro. Gabriel Pirani deu lindo passe para Marcos Leonardo, que não alcançou a bola, mas viu Marinho aparecer para marcar. O gol veio de uma bonita construção e encheu a equipe de confiança.

João Paulo assiste

O time boliviano até tentava, mas tinha muita dificuldade para chegar ao ataque. Dava campo para o Santos e apresentava muitos buracos. O Santos fazia o que queria. O goleiro João Paulo, aliás, praticamente assistiu ao jogo, pois foi pouquíssimo acionado.

Assistência e gol

Gabriel Pirani sem dúvidas foi um dos destaques do primeiro tempo. O menino da Vila fez partida muito segura ao lado de Jean Mota, que brilhou e comandou o meio-campo. O segundo gol do Peixe teve assinatura da dupla. Jean Mota deu bonito lançamento, Felipe Jonatan ajudou de cabeça e Pirani empurrou. Mais tarde, foi a vez de outro meio-campista deixar sua marca:Vinicius Balieiro, deu bonito tapa na bola e a viu beijar o travessão e entrar.

Goleada

The Strongest até voltou melhor do intervalo e conseguiu um início mais equilibrado com o Santos, mas durou pouco. Com assistência de Marinho, Lucas Braga marcou o quarto com uma facilidade tremenda, aos 14 minutos. A defesa boliviana esteve extremamente frágil nesta noite.

Ainda coube o quinto

Mesmo com a vitória garantida, o Santos continuou indo ao ataque em busca do quinto gol. O cansaço ficou mais aparente, sobretudo para os meio-campistas, mas o time seguiu comandando a partida. João Paulo, na reta final, foi mais acionado. Tanto é que tomou um susto em uma pressão do adversário em um lance de Pastor. A bola bateu no travessão e passou por todos. Mas não era noite para o Santos sofrer um gol. E, sim, o contrário. Até que Kevin Malthus, que substituiu Vinicius Baleiro, selou a goleada com o quinto gol.

FICHA TÉCNICA
SANTOS 5 X 0 THE STRONGEST


Local/Hora: Vila Belmiro, em Santos (SP), às 19h15 (de Brasília)
Árbitro: Christian Garay (Chile)
Assistentes: Raul Orellana e Claudio Rios (ambos do Chile)
Cartões amarelos: Arrascaita e Wayar (STR) - Kaiky (SAN)
GOLS: Marinho (1-0), Gabriel Pirani (2-0), Vinicius Balieiro (3-0), Lucas Braga (4-0), Kevin Malthus (5-0)

SANTOS: João Paulo, Pará (Madson), Kaiky, Luan Peres e Felipe Jonatan (Copete); Vinicius Balieiro (Kevin Malthus), Jean Mota e Pirani; Marinho, Lucas Braga (Ângelo) e Marcos Leonardo (Kaio Jorge). Técnico: Marcelo Fernandes (auxiliar-técnico)

THE STRONGEST: Daniel Vaca; Saúl Torres, Castillo, Valverde e José Sagredo; Wayr, Ramiro Vaca e Jaime Arrascaita (Churra); Rudy Cardozo (Pastor), Willie e Reinoso (BlackBurn). Técnico: Gustavo Florentín.

Santos