PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Torcedores do Arsenal planejam invadir semifinal da Liga Europa, diz jornal

Um banner contra a Superliga foi pendurado do lado de fora do Emirates Stadium, casa do Arsenal - Photo by Tolga Akmen / AFP
Um banner contra a Superliga foi pendurado do lado de fora do Emirates Stadium, casa do Arsenal Imagem: Photo by Tolga Akmen / AFP

Do UOL, em São Paulo

03/05/2021 19h14

Nesta quinta-feira (6), Arsenal e Villarreal disputarão a semifinal da Liga da Europa, e os torcedores já estão agitando as redes sociais na intenção de mobilizar protestos no Estádio Emirates. Segundo o jornal espanhol 'As', um grupo de torcedores tem encabeçado uma invasão com o intuito de suspender a partida para mostrar sua insatisfação com a entrada da equipe na Superliga.

Tem circulado a seguinte mensagem nas redes sociais: "Daniel Ek (fundador da Spotify) está pressionando Stan Kroenke (dono do clube), nós como torcedores devemos fazer o mesmo".

Na semana passada, mil torcedores do Manchester United invadiram o estádio Old Trafford e fizeram com que a partida entre a equipe e o Liverpool fosse suspensa. O protesto feriu seis policiais.

Essa onda de protestos têm acontecido desde que foi anunciada a Superliga Europeia com as 12 equipes, entre elas, Arsenal, Chelsea, Liverpool, Manchester City, Manchester United, Tottenham, Atlético de Madrid, Barcelona, Real Madrid, Inter de Milão, Juventus e Milan.

Mesmo após a saída dos clubes, os fãs de futebol estão mostrando sua indignação ao redor do mundo. O Arsenal se desligou da Superliga no dia 20 de abril e publicou o comunicado assumindo o erro: "Depois de ouvir vocês e a grande comunidade do futebol nos últimos dias, estamos saindo da Superliga. Sabemos que cometemos um erro e pedimos desculpas por isso".

Após a divulgação dessas mobilizações, a Uefa ainda não se pronunciou.

Futebol