PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro

Cruzeiro leva dois gols pela primeira vez no ano e liga alerta após tropeço

Felipe Conceição vê Cruzeiro vivo na disputa de vaga na final - Bruno Haddad/Cruzeiro
Felipe Conceição vê Cruzeiro vivo na disputa de vaga na final Imagem: Bruno Haddad/Cruzeiro

Guilherme Piu

Do UOL, em Belo Horizonte

03/05/2021 04h00

Classificação e Jogos

O Cruzeiro terminou a primeira fase como o time de melhor defesa do Campeonato Mineiro, com apenas quatro gols sofridos em 11 jogos. Apesar da estatística positiva, a Raposa vacilou logo no primeiro jogo da semifinal contra o América-MG e, pela primeira vez no ano, levou dois gols de um adversário na mesma partida.

O resultado de 2 a 1 para o Coelho, construído com gols de Alê e Ademir nos minutos finais, obrigará o time celeste a vencer por dois gols de diferença no próximo domingo (9), no estádio Independência, às 16h, se quiser passar adiante e disputar a final da competição.

Para o técnico Felipe Conceição, os dois gols sofridos em quatro minutos na etapa final não significaram um "apagão" por parte do Cruzeiro.

"Não deu apagão. Até o final a gente buscou o gol. Aconteceram dois gols que vamos analisar os detalhes. São detalhes em jogos desse nível, o tempo todo tenso, tempo todo poderia ter saído mais um gol a nosso favor, e acabou saindo um do América-MG e logo depois o outro. Acontece, a gente vai ajustar o que precisa para na próxima partida não cometer alguns erros que cometeu hoje, e entrar mais fortes", analisou.

Conceição bate na tecla de que o Cruzeiro passa por uma evolução e considera que seu time foi "muito superior" em relação ao rival.

"A equipe mostrou uma evolução muito grande. Se comparar com o jogo da primeira fase, o Cruzeiro foi muito superior ao América-MG. Isso demonstra nosso trabalho, nossa evolução, e com certeza vamos colher frutos a médio e longo prazo. Já estamos colhendo, brigando de igual para igual com qualquer adversário, com chance de vitória contra qualquer adversário. Isso demonstra força do trabalho e do que estamos construindo, e não é a derrota que vai tirar", comentou.

O resultado que o Cruzeiro necessita para ir à final do Campeonato Mineiro, vitória por dois ou mais gols de diferença, foi alcançado em três oportunidades nesta temporada. Contra o Patrocinense (4 a 0), Coimbra (2 a 0) e RT (2 a 0). Mesmo tendo alcançado o feito contra adversários menos qualificados do que o América-MG, Felipe Conceição acredita que o seu time está "vivo" na briga por uma vaga na decisão.

"Desempenho me deixa satisfeito, fizemos um grande primeiro tempo, controlamos o jogo na maior parte do tempo. Acontece, são situações de uma bola alçada, às vezes, que gera desatenção no final da partida, situações que no futebol acontecem. O desempenho me dá tranquilidade e confiança de que estamos no caminho certo e vivos dentro desse mata-mata, isso é o mais importante. Vamos buscar no próximo jogo a nossa classificação", comentou.

Cruzeiro