PUBLICIDADE
Topo

Grêmio

Com pouco tempo, interino diz que tentou manter modelo de Renato no Grêmio

O técnico interino Tiago Gomes orienta o Grêmio em partida contra o Caxias - GEREMIAS ORLANDI/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
O técnico interino Tiago Gomes orienta o Grêmio em partida contra o Caxias Imagem: GEREMIAS ORLANDI/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Do UOL, em Porto Alegre

16/04/2021 22h57

Classificação e Jogos

Tiago Gomes teve apenas um treinamento com o grupo do Grêmio para comandar o time hoje (16) contra o Caxias. Por isso, tentou manter a base do modelo utilizado por Renato Gaúcho. Após o empate em 0 a 0, o treinador disse que é complicado promover alterações com o calendário mais apertado.

"Conseguimos anular totalmente o que o Caxias iria propor no jogo. Com pouco tempo de trabalho, apenas uma sessão de treino, conseguimos entender como o Caxias iria marcar e jogar. Os atletas foram sensacionais e realizaram tudo que pensamos. Não foi um jogo tecnicamente muito bom, por ser muito pegado, competitivo, fragmentado, e isso dificulta o estilo de jogo do Grêmio, que é um jogo apoiado e de construção. Tentamos manter o trabalho vitorioso do Renato. Mas o gramado não ajudou e o jogo prejudicou muito", disse Tiago.

Pouco inspirado, o Tricolor criou pouco e acabou com placar em branco. O resultado deixa o time com 18 pontos, na vice-liderança do Gauchão.

"Com pouco tempo de trabalho, é muito difícil tentar ajustar algo. Eu conversei com os atletas pensando em como propor o jogo. E a melhor forma que encontramos foi a manutenção do que estava sendo feito. Agora vamos pensar em algo tático para fazer visando o próximo jogo, mas é apenas um treinamento e muitos jogadores precisarão fazer a recuperação. É muito difícil conseguir ajustar detalhes táticos e comportamentais em tão pouco tempo", explicou.

Segundo ele, os jogadores sentiram a saída de Portaluppi, mas conseguiram focar no compromisso de campo e atuarem com segurança.

"É um momento muito difícil, era o trabalho mais duradouro do futebol brasileiro. Mas os jogadores tentaram absorver tudo da melhor forma. Toda troca é complicada, ainda mais com Renato, o maior ídolo da história do clube. Mas nossos jogadores foram sensacionais. Fico feliz pelo empenho e o trabalho, é muito herança que ficou do bom trabalho do Renato", completou.

O interino seguirá no comando gremista para a partida de domingo, contra o Novo Hamburgo. Na próxima semana, a direção espera anunciar o substituto de Renato. Como informou o UOL Esporte, o Tricolor abriu negociação com Tiago Nunes, e deve avançar nos próximos dias.

Grêmio