PUBLICIDADE
Topo

Futebol

"Antes do jogo não existe vencedor", diz Ceni antes de Fla x Palmeiras

Técnico do Flamengo, Rogério Ceni participa de coletiva antes da final da Supercopa do Brasil - Reprodução / CBF TV
Técnico do Flamengo, Rogério Ceni participa de coletiva antes da final da Supercopa do Brasil Imagem: Reprodução / CBF TV

Do UOL, no Rio de Janeiro

10/04/2021 15h45

A CBF promoveu em seu canal no Youtube uma entrevista coletiva hoje (10) com os treinadores de Flamengo e Palmeiras - Rogério Ceni e Abel Ferreira, respectivamente - já aquecendo a decisão da Supercopa do Brasil que acontecerá amanhã (11), às 11h, no estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF). E na avaliação do técnico rubro-negro, pouco importa o momento que os clubes vivem antes da final.

"Isso é secundário numa final, não tem um peso. O importante é quem irá jogar amanhã o melhor futebol. Quem irá conseguir render mais no dia de amanhã. São duas equipes que já provaram, têm estrutura física, grandes atletas, opções de jogo... Mas quem está jogando no dia anterior a final não é tão importante. O importante é o final da partida. Antes do jogo não existe vencedor", declarou Ceni.

Na avaliação do treinador do Flamengo, a equipe chega em uma boa condição física após um período de descanso pós-título brasileiro:

"Tivemos 22 sessões de treino na pré-temporada, resolvemos que seria importante um descanso pós-brasileiro. E isso foi positivo do lado psicológico, dar uma esquecida no futebol. Acho que a equipe vai chegar num momento de melhor condição física a cada jogo que pratique, mas o time vem bem. Alguns jogadores estão juntos há três temporadas, atletas de alto nível. Já têm uma noção de sistema de jogo".

Confira outros tópicos da entrevista de Ceni

Parte física

"Depois de um final de ano desgastante, já ajuda muito ter um poder físico maior no jogo. É um campeonato diferente, equipes diferentes. Vamos tentar propor nosso ritmo de jogo, tentar colocar em campo nossa maneira de jogar, de se sobrepor ao adversário. A única diferença é que você joga contra o Palmeiras. São os dois principais campeões do ano passado se enfrentando".

Como o Fla chega para a decisão

"Chega mais preparado que ano passado, quando chegamos [Ceni e sua comissão] em meio ao campeonato e com muitas lesões e convocações. A condição física, de maneira geral, é melhor. Os conceitos, gatilhos, estão melhores treinados. É um time técnico, construído para jogar".

Colocar Arão e Diego em novas funções

"Elas [decisões] são vistas como arriscada até hoje, mas culminou com o sucesso do título, por isso são mais plausíveis pelas pessoas que assistem. Mas as pessoas estão sempre preparadas para, se acontecer algo de errado, ainda colocar em dúvida. Eu acho os dois citados altamente técnicos, com uma boa leitura de jogo. Eu não me prendo muito a função, basta que ele execute. Não importa a posição de origem. O que importa é jogador bom, de qualidade".

Futebol