PUBLICIDADE
Topo

Fluminense

Flu tem novidades na zaga e terá Páscoa 'decisiva' por reforços no ataque

Willian Bigode é sonho de consumo do Fluminense no mercado da bola para a Libertadores - Bruno Ulivieri/Agif
Willian Bigode é sonho de consumo do Fluminense no mercado da bola para a Libertadores Imagem: Bruno Ulivieri/Agif

Caio Blois

Do UOL, no Rio de Janeiro

02/04/2021 04h00

De olho na estreia na Copa Libertadores, o Fluminense se movimenta por reforços no mercado da bola. Com chegadas e partidas na defesa, o Tricolor aguarda respostas e vive uma Páscoa decisiva em negociações por atacantes.

Na zaga, o Flu fechou negócio com o Grêmio por David Braz e aguarda contraproposta do Goiás por David Duarte, em negociação um pouco mais complicada. O Tricolor ofereceu R$ 2,5 milhões e o zagueiro Reginaldo por 100% dos direitos econômicos do defensor, mas ainda não obteve resposta do Esmeraldino.

Se dois jogadores chegam na posição, outros devem partir. Conforme informações do NETFLU confirmadas pelo UOL Esporte, Frazan não deve seguir no elenco profissional para 2021, bem como Reginaldo. Quem também preocupa no setor é Matheus Ferraz, de novo às voltas com lesões. O atleta de 36 anos tem edema ósseo no joelho e está fora por tempo indeterminado.

A Páscoa pode ser ainda mais generosa caso os desejos no mercado da bola virem presentes para o torcedor. Alvos definidos pela diretoria do Flu, Willian Bigode e Matheus Babi devem definir suas situações enquanto os ovos de chocolate são abertos neste fim de semana.

O atacante do Palmeiras, de 34 anos, tem conversa marcada com o técnico português Abel Ferreira para saber de seu aproveitamento para 2021. Sua intenção é seguir no clube paulista, mas o status que teria no Fluminense e o reencontro com Roger Machado o seduzem.

Já o centroavante de 23 anos, que pertence ao Serra Macaense e está cedido ao Botafogo, já tem proposta na mesa. O Tricolor ofereceu 1 milhão de euros por 25% dos seus direitos econômicos e disputa a contratação do jogador com o Athletico, que ofertou 1,5 milhão de euros por 60%. O Fluminense acredita que a permanência no Rio de Janeiro e a classificação à Libertadores pesarão na decisão, já que o clube de Macaé e o atleta gostaram da proposta oferecida.

Fluminense