PUBLICIDADE
Topo

Sport

Goleiro do Sport sofre choque e é levado ao hospital com fratura no rosto

Carlos Eduardo, goleiro do Sport, recebendo atendimento após concussão - Marlon Costa/Futura Press/Estadão Conteúdo
Carlos Eduardo, goleiro do Sport, recebendo atendimento após concussão Imagem: Marlon Costa/Futura Press/Estadão Conteúdo

Do UOL, em São Paulo

28/03/2021 18h14

Classificação e Jogos

O goleiro Carlos Eduardo, do Sport, sobre um choque de cabeça durante a partida contra o Central pelo Campeonato Pernambucano. Levado de ambulância para um hospital, o defensor de 29 anos sofreu uma fratura e um trauma no rosto.

O lance aconteceu no final do primeiro tempo na Ilha do Retiro. Carlos Eduardo subiu para cortar um cruzamento e se chocou com o zagueiro Lucão, do Central. O goleiro foi ao chão e ficou contorcendo de dor até ser atendido pelos médicos dos dois times. As imagens do choque são fortes.

Segundo o médico do clube, Leonardo Silveira, o goleiro deixou o campo consciente e usando um colar cervical preventivamente, mas passará por exames. Além do trauma, Carlos Eduardo também sofreu uma fratura na parte inferior ao olho. De acordo com Leonardo, o prazo de recuperação é de uma semana.

Em campo, Carlos Eduardo foi substituído por Luan Polli, que defendeu um pênalti na metade do segundo tempo e evitou o empate do Central. O Sport venceu a partida por x 0 e é o vice-líder do Pernambucano.

Este não foi o único caso de concussão no Campeonato Pernambucano neste final de semana. Ontem (27), dois jogadores do Vitória-PE se chocaram no primeiro minuto do jogo contra o Naútico. Eles voltaram ao jogo, contrariando o protocolo da Fifa para este tipo de choque.

Palominha, um dos jogadores envolvidos no lance, voltou a cair em campo minutos depois e foi levado ao hospital. Giovani continuou jogando, mas vomitou na beira do campo durante o intervalo e também foi encaminhado à ambulância.

Sport