PUBLICIDADE
Topo

Podcast

UOL São Paulo

O podcast para o torcedor tricolor


ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

UOL São Paulo #1: Início de trabalho de Crespo empolga torcida e diretoria

Do UOL, em São Paulo

02/03/2021 16h00

Classificação e Jogos

Uma das maiores novidades do São Paulo para a temporada foi a contratação de Hernán Crespo. O treinador argentino chegou ao clube com uma missão complicada: fazer a equipe dar a volta por cima após seguidas decepções e tentar encerrar a seca de títulos desde 2012.

Na primeira edição do podcast UOL São Paulo (ouça o episódio completo no arquivo acima), o apresentador Pedro Lopes, o colunista Menon e o setorista Thiago Fernandes comentaram como foi a recepção ao técnico argentino, com a visão da diretoria são-paulina e do elenco, e o que se deve esperar do trabalho dele.

"O Crespo é muito mais elegante que o Diniz", brincou Menon. "O time buscou mais o jogo pelas laterais do campo. Ele colocou Galeano e o Bruno Fernandes contra o Botafogo [na estreia do Paulistão, ambos entraram no decorrer do empate por 1 a 1], mostrando que vai buscar mais o jogo pelos lados, o que é um pequeno alento. O São Paulo depende de alguns bons reforços para revitalizar o time", analisou.

"Todo mundo está muito empolgado com o Crespo neste momento. A diretoria sabe que o São Paulo precisa contratar jogadores para que o técnico consiga colocar seu estilo de jogo. O início de trabalho agradou, mas todos sabem que é só um começo. Os próprios jogadores têm uma resposta positiva sobre a chegada dele. É uma nova filosofia", comentou Thiago.

Ouça o podcast UOL São Paulo e confira a análise sobre o mercado da bola do Tricolor e o que esperar de possíveis reforços para a equipe.

Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts e em todas as plataformas de distribuição de áudio. Você pode ouvir UOL São Paulo, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Amazon Music e YouTube.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL